Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Colunistas | Wilson Barbosa | Coluna Panorama Esportivo 29.05.14 – Wilson Barbosa

Coluna Panorama Esportivo 29.05.14 – Wilson Barbosa

Confronto

A falha do goleiro Fábio premiou o esforço de Guerrero e desequilibrou um confronto parelho - Djalma Vassão/Gazeta PressCorinthians e Cruzeiro fizeram uma boa e equilibrada partida na noite de quarta-feira, no Canindé. Houve chances para os dois lados, e a balança pendeu para o lado alvinegro, que triunfou por 1 a 0 em um gol de Guerrero – um frango de Fábio, que vinha fazendo ótima partida. Empurrado pela torcida no confronto com o líder – estacionado nos 16 pontos –, o time preto e branco chegou aos 15, ficando encostado na primeira posição e assumindo a terceira. Em caso de vitória no domingo, sobre o Botafogo, em Itaquera, será possível até liderar na parada do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. Para derrubar o primeiro colocado, o Corinthians cumpriu o que havia dito o técnico Mano Menezes. Fez um jogo aberto com o Cruzeiro, sofrendo em alguns momentos com o bom ataque celeste, mas partindo à frente e criando boas oportunidades com frequência. Com boas defesas dos dois goleiros, o primeiro tempo acabou sem gols. Fábio seguiu bem no segundo, mas falhou feio aos 22 minutos, em chute de muito longe de Guerrero. Diferentemente do que acontecera em outras ocasiões, a formação alvinegra soube se manter no campo de ataque e segurou uma importante vitória.

Rebaixamento

O Palmeiras entrou em campo vestindo camisa amarela e shorts azul, mas foi longe de ser uma seleção. Sem mostrar cansaço apesar da maratona  de viagens na véspera do jogo, perdeu a segunda seguida em partida na qual Wesley foi expulso e o Botafogo, que venceu por 2 a 0, sai da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Verdão criou mais no primeiro tempo, mas já mostrava destempero com Lúcio trocando agressões com Emerson Sheik. Até que Bolatti abriu o placar aos 15 minutos do segundo tempo, Wesley recebeu cartão vermelho dez minutos depois e Zeballos aproveitou contra-ataque para fechar o placar nos acréscimos. Estacionado nos 12 pontos, o Palmeiras tenta, ao menos, se aproximar da faixa que dá vaga na Libertadores na última rodada do Brasileiro antes da Copa, visitando o Grêmio no domingo, no Rio Grande do Sul. Já o Botafogo, que atinge oito pontos e saiu da zona de rebaixamento, visita o Corinthians.

Desencanta

Atlético-MG e Fluminense fizeram um primeiro tempo de muito estudo nesta quarta-feira, no estádio Ipatingão. As duas equipes permaneceram com a posse de bola no meio-campo na maior parte do tempo, aguardando a possibilidade de encaixar a jogada mortal. Já na etapa final, o duelo ficou eletrizante e os gols começaram a sair em favor do Galo, que venceu por 2 a 0, ficando próximo de entrar no G4. O primeiro gol do jogo foi anotado pelo argentino Dátolo, que pegou rebote do goleiro Felipe Garcia e estufou as redes com um chute de canhota. Tardelli ampliou depois de jogada sensacional de Dátolo, nome da partida. Com o resultado, o Galo chega aos 14 pontos, e pode sonhar com o G4 na próxima rodada. Já o Fluminense fica estacionado nos 15 pontos e perde a chance de liderar o Brasileiro. Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG terá compromisso contra o São Paulo, jogo marcado para o próximo sábado, no Morumbi. Já o Fluminense terá um dia a mais de preparação para receber os gaúchos do Internacional.

Acréscimos

Em um jogo  bem disputado no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, o São Paulo buscou um empate por 2 a 2 diante do Atlético Paranaense, depois de ter saído perdendo e voltado a mostrar algumas falhas, especialmente no primeiro tempo. Com o resultado, a equipe paulista chega aos 13 pontos, caindo para a oitava posição. O Furacão, com 10 pontos, parou na 11ª colocação. O Rubro-Negro abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, com Bady aproveitando corte errado de Douglas para tocar para o fundo das redes. Depois do intervalo, o Tricolor chegou ao empate aos 30 minutos, depois que Luis Fabiano sofreu pênalti e Rogério Ceni converteu para deixar tudo igual. Mas Cléo, aos 44 minutos, marcou o dele. Quando tudo parecia definido, Luis Fabiano, aos 46 minutos, fechou a contagem. Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Figueirense, domingo, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Já o São Paulo terá pela frente o Atlético Mineiro, sábado, no Estádio do Morumbi.

Pressiona

Mais uma vez, o goleiro Marcelo Grohe garantiu ao Grêmio um resultado importante no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta, o Sport pressionou o time gaúcho, mas parou em grandes defesas do arqueiro tricolor e não saiu do 0 a 0. O resultado mantém os gaúchos na 4ª colocação, com 14 pontos, e os pernambucanos na 14ª, com apenas 8. A etapa inicial foi equilibrada. O Sport começou melhor, viu o Grêmio crescer, mas as duas equipes criaram boas chances nos minutos finais, sob chuva em Recife. Na etapa final, o time da casa pressionou, viu os gaúchos recuarem, mas não teve competência para sair do empate. O time pernambucano volta a campo sábado, diante do Vitória, em Feira de Santana. O Tricolor receberá o Palmeiras em Caxias do Sul, no domingo.

Brasileirão

O Coritiba somou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro 2014 ao cair diante do Criciúma, por 1 a 0, no Estádio Heriberto Hulse, afundando ainda mais na zona rebaixamento, com quatro pontos ganhos e nenhuma vitória conquistada. Os donos da casa, por sua vez, chegaram aos 11 pontos, fugindo da parte de baixo da classificação, de olho no G-10. O Tigre mostrou suas garras logo aos dois minutos, em cobrança de escanteio de Paulo Baier, na medida para cabeçada de Rodrigo Souza, por cima da meta, com muito perigo. A partida era bem disputada, cm as duas equipes dividindo a posse de bola, mas com dificuldade de criar chances de gol. Aos 13 minutos, Dudu recebeu na entrada da área e bateu no ângulo para boa defesa de Luiz.

Tecnicamente

O Internacional jogou para o gasto nesta quarta-feira. Apesar de uma atuação tecnicamente fraca e pouco criativa, o time gaúcho venceu a Chapecoense por 2 a 0. O centroavante Wellington Paulista marcou os dois gols que devolveram o Colorado ao G-4 do Brasileirão e interromperam um jejum de três jogos sem vitórias. Com seis desfalques, o Inter teve mais uma atuação abaixo da média no Brasileiro. No primeiro tempo, a equipe não teve criatividade, mas chegou ao gol em jogada de bola aérea. Na etapa final, o Colorado seguiu sem levar perigo aos catarinenses, que cresceram no jogo. Quando a Chape ameaçava empatar, o time gaúcho chegou ao segundo gol e definiu a parada. A vitória coloca o Inter na 3ª posição, com 15 pontos. A Chapecoense, com 5, segue na zona de rebaixamento, em 18º. O Colorado atuará pela última vez antes da Copa do Mundo no domingo, contra o Fluminense, em Macaé. Já a Chape receberá o Bahia, na Arena Condá.

Empatam

O Goiás chegou à quarta rodada seguida sem derrota no Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu o triunfo na noite desta quarta-feira. No último jogo  realizado pelo esmeraldino no Serra Dourada antes da Copa do Mundo, o time dirigido por Ricardo Drubscky ficou no empate por 0 a 0 contra o Vitória. O time da casa teve mais chances de balançar a rede e desperdiçou todas. Já o time rubro-negro, que foi dirigido pelo técnico Jorginho pela segunda vez, também falhou na pontaria na frente. Assim, o Goiás fica com 15 pontos, na quinta colocação, enquanto o Vitória tem sete, em 16º. No fim de semana, os dois times voltam a campo para a última rodada do Brasileirão antes da Copa do Mundo. O jogo do Goiás está agendado para sábado, diante do Coritiba, no Durival de Britto. No mesmo dia, o Vitória será mandante contra o Sport, no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Anunciado

Faltam apenas detalhes para que Marcelinho Paraíba seja anunciado como novo camisa 10 do Náutico. A chegada do jogador a Recife estava programada para as 10h (de Brasília) desta quarta-feira, no Aeroporto dos Guararapes, na capital pernambucana. O jogador de 39 anos atuava como titular no Fortaleza, clube que disputa atualmente a Série C do Campeonato Brasileiro. A transferência de Marcelinho do Ceará para Pernambuco visa amenizar uma carência do Timbu: o setor de criação. Após perder Pedro Carmona, com uma lesão no joelho, e Zé Mario, negociado com o rival Sport, a diretoria do Náutico aposta na contratação do meio-campista veterano para solucionar os problemas do time dentro de campo e tirá-lo da zona de perigo. Atualmente, o Timbu ocupa a 16ª posição na tabela, com oito pontos somados, e só não figura na zona de rebaixamento em virtude do saldo de gols.

Revelado

Marcelinho Paraíba apareceu para o futebol nacional na década de 1990. Revelado pelo Campinense-PB, teve uma rápida passagem pelo Santos antes de estourar no São Paulo, entre os anos de 1997 e 2000. As boas atuações no Tricolor paulista fizeram com que Marcelinho fosse para o Olympique de Marselha (FRA) e chegasse pela primeira vez ao futebol do Velho Continente. Sem se adaptar na Europa, Marcelinho voltou ao Brasil no ano de 2001 para atuar pelo Grêmio de Porto Alegre, onde viveu o auge da carreira. O atacante conquistou o título estadual, sendo artilheiro da competição, e a Copa do Brasil. No mesmo ano, acertou um contrato de cinco temporadas com o Hertha Berlim (ALE), tornando-se ídolo da torcida alemã e conquistando a liga nacional.

Dirigentes

Após conversar com os dirigentes do Palmeiras, mas não acertar seu retorno ao clube, o técnico Vanderlei Luxemburgo se tornou o sonho  de uma equipe que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. O Bragantino, time pelo qual Luxa conquistou a segunda divisão de 1989 e o Paulista de 1990, admite o interesse em contratar o treinador. “Conversei com ele sobre um projeto de longo prazo. Abriria todo o clube na mão dele, para ele montar a equipe da maneira que quisesse. Seria um projeto para subir o Bragantino para a primeira divisão do Brasileiro”, disse Marco Chedid, presidente do Massa Bruta, em entrevista àTV Vanguarda. Para tentar convencer Luxemburgo, o mandatário da equipe de Bragança Paulista aposta na menor pressão que o treinador sofreria no Bragantino, clube que representaria uma boa oportunidade para Luxa se “reerguer”.

Reforço

A negociação entre Santos e Fluminense foi rápida. Após enviar a proposta por Cícero no fim da manhã desta quarta-feira, o Fluminense já recebeu o sinal positivo do Comitê Gestor do Alvinegro Praiano, e o jogador deve viajar ainda nesta quarta-feira para o Rio de Janeiro. Toda a burocracia contratual está sendo efetuada neste momento, e o contrato deverá ser assinado até o fim da semana. A informação é oficial, mas o presidente Odílio Rodrigues só deve se pronunciar nesta quinta-feira, segundo a assessoria santista. Após treinar entre os titulares pela manhã, Cicero, já sem o uniforme do clube e de chinelo, chegou a subir no ônibus que levou a delegação santista ao aeroporto, mas logo em seguida desceu e retornou ao CT Rei Pelé. A multa de Cícero é de 6 milhões de euros (R$ 18,2 milhões), e o Santos detém 50% dos direitos do atleta. Apesar dos valores da proposta do Flu ainda não serem confirmados, acredita-se que Santos libere o jogador por um valor inferior à sua parte.

Destaque

Acompanhado à distância a partir do momento em que se lesionou no Barcelona, Neymar não preocupa o corpo médico da Seleção para a Copa do Mundo. José Luiz Runco, chefe do departamento, garantiu nesta quarta-feira que o atacante está à disposição da comissão técnica de Luiz Felipe Scolari sem qualquer restrição do ponto de vista clínico. “Vimos tanto o exame de imagem inicial quanto o final, e ele teve uma recuperação muito boa. Aquele problema que ele tinha no (osso) quarto metatarsiano do pé esquerdo está totalmente recuperado”, disse o médico, ao final da bateria de exames aos quais foram submetidos os 23 jogadores convocados. Neymar se machucou na decisão da Copa do Rei, contra o Real Madrid, em 16 de abril. Depois de um mês se recuperando de edema no pé esquerdo, entrou em campo aos 15 minutos do segundo tempo do empate com o Atlético de Madri, na última rodada do Espanhol, sem acusar dores. Mesmo o Barcelona tendo enviado o resultado de seus exames, ao se apresentar à Seleção ele passou por novas avaliações.

Internado

Mário Jorge Lobo Zagallo foi internado na última terça-feira no Rio de Janeiro. Após um dia no Hospital Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o ex-jogador  e treinador da Seleção Brasileira tem situação clinicamente estável, mas ainda não tem data para alta. O boletim médico desta quarta-feira traz boas notícias. De acordo com a nota, não houve qualquer tipo de complicação no quadro do Velho Lobo, que segue se tratando de uma infecção na coluna vertebral com antibióticos. Por conta da doença, Zagallo, que pretendia assistir de perto a todos os jogos da Seleção Brasileira, como convidado de honra da Fifa, pode não conseguir cumprir todo o seu cronograma. Como jogador, o defensor Zagallo foi bicampeão mundial em 1958, na Suécia e em 1962, no Chile. Em 1970, ele conquistou o título como treinador.

Desembarca

O Brasil já recebeu oficialmente a primeira das 32 seleções para a Copa do Mundo. Por volta das 21 horas (de Brasília), após uma escala em Curitiba, a delegação da Austrália desembarcou em Vitória, no Espírito Santos. Os 69 membros, entre jogadores e comissão técnica, não tiveram contato direto com o público, que esteve no Aeroporto Eurico Salles com faixas e bandeiras. Apesar das ameaças de manifestações, a chegada dos australianos foi bastante tranquila. Cansados após mais de 22 horas de viagem, os jogadores se deslocaram diretamente ao Hotel Senac Ilha do Boi, local escolhido para hospedagem ao longo dos dias de preparação. Devido ao curto tempo de recuperação, a comissão técnica também decidiu mexer na programação. Esta previamente estabelecido que a seleção australiana realizaria o seu primeiro treino no Brasil já nesta quinta-feira, às 11 horas (de Brasília), no estádio Engenheiro Araripe, região metropolitana de Vitória.

Reforma

Enquanto alguns torcedores gastam pequenas fortunas para acompanhar os jogos da Copa nos estádios, um grupo de amigos de Queimados, município da Baixada Fluminense, preferiu investir suas economias para montar um fusca temático para a Seleção. Desde 2010, quando adquiriram uma carcaça para reformar até a estreia contra a Croácia no Mundial de 2014, eles estimam um gasto total de mais de R$ 6 mil na brincadeira motorizada.  Agente financeiro, Julio Coimbra teve a ideia de personalizar um fusca para a Copa de 2010. Conversou com mais seis amigos e obteve apoio e dinheiro para iniciar as reformas. Primeiro, compraram uma carcaça, e durante os 30 dias que antecederam a estreia do Brasil na África do Sul colocaram a mão na massa para deixar o carro pronto. Após a primeira vitória verde-amarela, o fusca puxou uma carreata até o centro de Queimados.

Confusões

A 14 dias da Copa do Mundo, o secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, admitiu em entrevista exclusiva à BBC News que a entidade cometeu um erro nos preparativos finais do evento. Valcke apontou que não ter deixado claro desde o início quem pagaria pelas instalações temporárias em estádios privados gerou uma “discussão interminável”. Ele ainda afirmou que este ponto precisará ser revisto para a próxima edição do Mundial, a ser realizada em 2018, na Rússia. O dirigente da Fifa ainda conversou com o correspondente Wyre Davies nas arquibancadas do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, sobre as denúncias de corrupção nos preparativos para a Copa. Ele reconheceu ter sido duro demais em algumas de suas críticas públicas ao Brasil. “Mas, em uma relação em que há tantas partes envolvidas, é comum haver alguma tensão às vezes”, disse Valcke.

Seleção

A Seleção precisou vestir gorro para treinar na Granja Comary na última quarta-feira. Frio, um pouco de neblina, chuva fina e muito vento deram a impressão de que o Brasil iniciou a preparação para jogar a Copa do Mundo em um clima adverso. Mas na verdade o time comandado por Felipão só corre risco, e mínimo, de encontrar um cenário semelhante na estreia do Mundial em São Paulo. Teresópolis fica localizada na região serrana do Rio de Janeiro, tem clima tropical de altitude e nesta época do ano a temperatura varia dos 9°C (média mínima) a 19°C (média máxima). Caso seja o primeiro de seu grupo, o Brasil jogará as partidas até uma eventual final em Fortaleza (duas vezes), Belo Horizonte (duas vezes), Brasília e Rio de Janeiro. Apenas São Paulo chega com frequência a temperaturas parecidas no fim de outono e começo de inverno (médias de 12° C e 21°C).

Término

O treinador Mano Menezes pode respirar mais aliviado na noite desta quarta-feira. Após ficar pressionado com três resultados ruins consecutivos – em especial a derrota para o Figueirense por 1 a 0 no primeiro jogo oficial da Arena Corinthians – e chegar a ter sua cabeça pedida por parte da torcida, o comandante ganhou novo fôlego com vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro. A recuperação corintiana já havia começado no último domingo, quando a equipe alvinegra venceu o Sport, em Recife, na Ilha do Retiro, por impiedosos 4 a 1. O novo triunfo contra o então líder do campeonato dá ao técnico esperança para o que possa vir a acontecer após a Copa do Mundo.

Defende

O centroavante Luís Fabiano foi decisivo para o São Paulo não sair do Parque do Sabiá com uma derrota. Nos acréscimos da partida com o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira, ele usou a mão na jogada em que colocou a bola para dentro do gol e garantiu o empate por 2 a 2. “Foi um toque involuntário, né? Eu estava de costas, e a bola bateu em mim e entrou”, defendeu Luís Fabiano, embora insatisfeito com o desempenho do São Paulo. “Foi um jogo muito abaixo da nossa expectativa. Viemos em busca dos três pontos, para ver se conquistávamos mais uma vitória no sábado”, completou, de olho no compromisso com o Atlético-MG, no Morumbi. Mesmo incomodado com a atuação de sua equipe, Luís Fabiano não deixou de valorizar a igualdade conquistada no final da partida com o Atlético-PR. “Ficamos duas vezes atrás no placar, e é muito difícil buscar o resultado no Campeonato Brasileiro. Ganhamos um pontinho. Não foi uma derrota, mas também não chegou a ser aquilo que a gente esperava”, analisou. Para outro atacante do time de Muricy Ramalho, o São Paulo estava capacitado a sair de Uberlândia com mais três pontos.

Contratar

Grande entusiasta da contratação do zagueiro Diego Lugano, Muricy Ramalho agora tenta manter a cautela em relação ao possível reforço do São Paulo. O técnico foi comedido ao falar sobre a negociação após o empate por 2 a 2 com o Atlético-PR, na noite de quarta-feira. “A gente deve ter calma para analisar as situações, para contratar. Não é de uma hora para outra”, ponderou Muricy, lembrando que Lugano tem bastante mercado. “Ele está com a cabeça na Copa do Mundo e desperta interesse em outros times”. Líder da seleção uruguaia que disputará o Mundial do Brasil, Lugano rescindiu contrato com o West Bromwich, da Inglaterra, recentemente. O empecilho para o seu acerto com o São Paulo é o alto salário que ele recebia no futebol europeu. Apesar de já ter convencido o presidente Carlos Miguel Aidar da importância de contar com Lugano, Muricy ainda não se cansou de elogiar o zagueiro.

Preparação

O primeiro dia de treinamento em campo da Seleção Brasileira na Granja Comary teve o frio como barreira para os jogadores. E em dose dupla. Atividades técnicas pela manhã e pela tarde fizeram os jogadores vestirem até gorro para encarar um início de preparação em Teresópolis marcado por temperaturas baixas e chuva, condição meteorológica que pouco será vista pelos brasileiros durante a Copa do Mundo. A situação frustrou até as brincadeiras com bola já habituais de jogadores no pós-treino. Mas satisfez ao grupo, que em sua maioria prefere um campo molhado a sessões de academia e exames médicos, rotina dos dois primeiros dias na Granja Comary. Teve até torcida tentando acompanhar o treino.

Classificação da Série A

(*) Wilson Barbosa é jornalista e cronista esportivo. Email: www.wilsonbarbosatreze@gmail.com

Deixe uma resposta