Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Colunistas | Wilson Barbosa | Coluna Panorama Esportiva 09.06.14 – Wilson Barbosa

Coluna Panorama Esportiva 09.06.14 – Wilson Barbosa

Seleção

O Brasil é o único País a participar de todas as Copas do MundoA Seleção Brasileira  é a única que participou de todas as Copas do Mundo e é a maior vencedora, com cinco títulos. Porém, o início da participação brasileira na maior competição do futebol mundial foi marcado pelo fracasso e nada levava a crer que a equipe canarinho ainda seria festejada por todo o mundo pela qualidade do seu futebol. Nas Copas de 1930, 1934 e 1938, o torcedor teve mais motivos para se aborrecer do que para se orgulhar. Depois do período sem Copas, por conta da Segunda Guerra Mundial, o Brasil  ainda fracassou em casa e teve tempo para aprender até conquistar seu primeiro troféu, em 1958. A partir daí, a Seleção conquistou mais títulos e se tornou uma potência do esporte. Nesta reportagem especial, você confere cada participação do Brasil nos Mundiais, além da trajetória dos goleiros e dos fiascos do torneio.

Comentário

Avisado nesta segunda-feira que o atacante croata Ivica Olic disse ter identificado “alguns espaços” defensivos nos últimos amistosos da Seleção Brasileira, Daniel Alves não polemizou a respeito do comentário do adversário da estreia – que se prepara em Salvador -, mas também não perdeu a oportunidade de tirar sarro às vésperas do duelo na Copa do Mundo. “É evidente que, se não tivéssemos defeitos, seríamos a equipe perfeita, e perfeição não existe. Tentamos ser uma equipe equilibrada para competir bem. Se ele viu espaço, a gente vai tentar tapar para ele não ver mais”, disse. “Ele está na Bahia, fale para ele ter cuidado, que eu sou de lá”, continuou, rindo.

Brincadeira

A brincadeira foi bem usada pelo lateral direito brasileiro para minimizar os sustos sofridos na sexta-feira, quando seu time venceu a Sérvia por 1 a 0, mas recebeu até bola na trave. Antes da pergunta sobre Olic, Daniel Alves discordou de um jornalista que o havia questionado exatamente sobre os possíveis problemas a serem corrigidos até a estreia, na quinta-feira. “Não estou de acordo nesse aspecto. Acho que a gente tem um grupo muito equilibrado”, falou o jogador do Barcelona, elogiando defesa e ataque e argumentando que o Brasil não joga sozinho. “Jogamos contra uma equipe qualificada. Vai ser assim na Copa. As equipes vão criar situações também. Cabe a nós fazermos mais situações ou mais gols do que elas”, receitou.

Ansiedade

A quatro dias da estreia na Copa do Mundo de 2014, o atacante Fred resumiu sua ansiedade para entrar em campo e defender a seleção brasileira. Em sua conta pessoal no Twitter, o centroavante elogiou o texto do apresentador Tiago Leifert sobre a camisa 9, do especial Jogo de Amarelinha, do GloboEsporte.com, e citou um valente e forte personagem do cinema para definir como se sente. “Poucas vezes eu vi alguém definir tão bem o ofício de um camisa 9. Terminei de ler seu texto @tiagoleifert e só queria uma coisa: que a nossa estreia fosse agora. Estou me sentindo o Rambo!” escreveu Fred, referindo-se ao combatente interpretado por Sylverster Stallone nas telas.

Contraponto

Em seguida, o atacante fez um contraponto à força de Rambo completando seu Tweet com um pensamento do líder indiano Mahatma Gandhi, conhecido pela pregação da paz contra qualquer tipo de violência. “Coincidentemente, me apego sempre a um pensamento de Mahatma Gandhi: a força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável”. Valeu pela moral, parceiro! Tamo junto nessa Copa – agradecendo novamente pelo texto sobre a camisa 9 da Seleção. A seleção brasileira treina nesta segunda-feira à tarde, a partir de 15h30 (de Brasília), na Granja Comary , o GloboEsporte.com transmite a atividade ao vivo no Central da Copa. A estreia na Copa é na quinta, às 17h (de Brasília), contra a Croácia.

Descontraídos

A seleção brasileira pousou para as câmeras dos fotógrafos oficiais da Fifa, para as imagens das credencias e das fichas dos jogadores na Copa do Mundo. A maioria é de rostos sérios, mas há também os mais descontraídos e os que mostram que, mesmo antes de a competição começar, estão para brincadeiras. Entre os “felizes”, se destaca Marcelo. O dono da camisa 6 abriu um largo sorriso para as câmeras. O goleiro Julio César também está alegre em sua foto, mas com menos intensidade, assim como os atacantes Bernard e Jô. Neymar sorri de lado, com confiança. Entre os outros titulares da defesa, há menos sorrisos. David Luiz faz cara de poucos amigos para a foto. O capitão Thiago Silva e o lateral-direito Daniel Alves também mostram muita seriedade. Entre os outros jogadores, todos parecem compenetrados.

Itaquera

Jô é cria de Itaquera, bairro onde foi erguida a Arena Corinthians, palco da abertura da Copa do Mundo, na Zona Leste de São Paulo. Na próxima quinta-feira, voltará ao local de tantas lembranças da infância e conhecerá a casa do clube do coração. Foi no Timão que ele iniciou a carreira em 2000 e apareceu como profissional três anos mais tarde. Hoje, é jogador de seleção brasileira e vai jogar o Mundial no Brasil. Além do sonho de infância, resolverá uma “treta” com os amigos palmeirenses, são-paulinos e santistas que por muitos e muitos anos o provocaram. Afinal, dos quatro clubes grandes de São Paulo, só o Corinthians não tinha uma casa. “Fui motivo de chacota porque era corintiano e toda vez que ia assistir aos jogos não era no estádio do Corinthians”. Quando soube do estádio, foi uma felicidade grande, é o clube que me lançou, agradeço eternamente ao Corinthians. Uma alegria a mais em poder jogar uma Copa estreando no estádio do meu time do coração. Um sentimento muito bom. Itaquera foi o bairro em que fui criado, ali foi construído o estádio. Passei boa parte da categoria de base. A gente vê a confiança do povo nesse pouco tempo, está grande. Estamos tranquilos para fazer uma boa estreia – disse, nesta segunda-feira, em entrevista coletiva na Granja Comary.  

Transporte

A mobilidade urbana da cidade  de São Paulo tem sido caótica nos últimos dias. Com a greve dos metroviários, o principal meio de transporte do município está operando parcialmente e o congestionamento bate recordes. Em evento realizado na capital paulista nesta segunda-feira, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, não mostrou preocupação com a paralisação às vésperas da Copa. “Já há uma decisão inicial sobre a greve”, resumiu. “Creio que a tendência, com a decisão judicial, é o movimento grevista levar em conta esta decisão. Não conheço aqui no Brasil uma greve que tenha persistido em desafiar uma decisão da Justiça”, declarou o ministro, acreditando que o julgamento do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deve fazer os funcionários do metrô voltar ao trabalho

Paralisação

A paralisação preocupa a logística para a abertura da Copa do Mundo. Nesta quinta-feira, a Seleção Brasileira estreia no torneio contra a Croácia, na Arena Corinthians. Nos eventos-teste realizados nas últimas semanas, a Linha 3-Vermelha do metrô foi essencial para a chegada dos torcedores ao bairro de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista. Mas a greve dos metroviários resulta em operação parcial da via, assim os trens não chegam às estações mais próximas do estádio. Mesmo diante desta indecisão, Aldo Rebelo garante não haver uma segunda alternativa planejada caso os grevistas não voltem ao trabalho. “O plano B é aquilo que a decisão judicial já antecipou, ou seja, com a decisão da Justiça a tendência é, naturalmente, o trabalhador e o movimento sindical levarem em conta essa decisão”, espera o ministro dos Esportes. “Então acho que a tendência, portanto, é que a questão seja resolvida”, completa.

Favoritismo

Vicente del Bosque procura a todo preço fugir de rótulos. Apesar de ser atual campeão Mundial, o treinador se atém a detalhes linguísticos e considera a seleção espanhola, assim com as outras grandes, fortes candidatas e não favoritas. Segundo o comandante de 63 anos, aliás, a chance de repetir a conquista de 2010 na Copa do Brasil é muito mais difícil exatamente por serem os detentores do título. Pressão extra para a Fúria e também em cima da Seleção Brasileira, que atua em casa e é a única pentacampeã. “Não é uma questão impossível (ser campeão), isto está claro, mas o normal é não vencer o Mundial. Temos que saber o potencial dos rivais que vamos enfrentar, que não somos o umbigo do mundo. Mas nosso objetivo e sonho tem que ser ganhar, crer que vamos ganhar (…) A Copa do Mundo é muito grande para rótulos. É evidente que o Brasil joga em casa e tem um “timaço”, mas eles também estão sob grande pressão, muito maior do que na Copa da Confederações” disse, o espanhol ao “Marca”. 

Amistoso

Antes do amistoso contra a equipe sub-21 do Santos, os jogadores da seleção da Bósnia-Herzegovina fizeram um treinamento leve, na manhã desta segunda-feira, na Praia da Enseada, em Guarujá. Com exceção do capitão Spahic, que estava cansado, todos os jogadores correram durante 20 minutos na areia e depois fizeram exercícios de alongamento. O destaque da atividade, porém, ficou por conta de um cão apelidado como BosDog. No início das atividades, todas as atenções estavam voltadas para o meia Pjanic, ídolo da seleção que atua no Roma, da Itália. Na noite de domingo, ele apareceu no saguão do hotel com dificuldades para andar. O meia mancava e estava com parte do pé direito enfaixado, o que aconteceu, segundo um membro da comissão técnica, por causa de uma pancada sofrida no treino da noite desse domingo.

Tatuagem

Há tempos as tatuagens fazem parte do visual dos jogadores de futebol. Parecem itens quase obrigatórios, seja em qual parte do corpo for, com o desenho que for. Mas imagine só ver um marmanjo de mais de 1,80m, capitão de uma seleção, esposo e pai de família tendo gravado na pele a imagem de… Bambi. O animal, personagem de um filme infantil da Disney, adquiriu um tom pejorativo no cenário futebolístico brasileiro e parece destoar em um ambiente tão masculinizado. Alertado antes da chegada ao Brasil, o croata Darijo Srna fala em bom português do risco de ser alvo de piadas. “É veado, né? – disse, rindo, referindo-se à associação da figura do

Bambi a uma forma politicamente incorreta de referir-se a gays, antes de completar em inglês”. já estou sabendo.

Delegação

A crise econômica que assola a Grécia acabou intimidando muitos torcedores a estarem  no Brasil para apoiar os helênicos durante a Copa do Mundo. Mas os gregos não ficarão ‘órfãos’, pelo menos em Aracaju, base de treinos da seleção. Do aeroporto ao hotel, a delegação teve o apoio incondicional dos sergipanos. Um em especial foi para a recepção à caráter, vestindo orgulhoso a camisa do país do qual ele se diz fã desde criança. “Essa aqui eu não comprei só para ver o time aqui em Aracaju não. Eu tenho desde a Copa da África do Sul. Comprei para torcer pra Grécia em 2010 e a visto sempre – falou o administrador de empresas Marçal Oliveira. Com a admiração pelo país, ele mergulhou nos estudos da cultura grega e se tornou quase um falante do idioma. Marçal fez questão de exibir ao público seus conhecimentos. Gritando algumas expressões e verbetes da língua desconhecida no Brasil.

Entrevista

Ciro Immobile foi o assunto principal da entrevista coletiva do técnico Cesare Prandelli, nesta segunda-feira, em Mangaratiba. O treinador respondeu a várias perguntas sobre o autor de três gols na vitória da Itália sobre o Fluminense, mas tratou de conter a empolgação. Apesar dos elogios à fase do jogador, o comandante da Azzurra não colocará ele e Balotelli juntos. “Temos 23 jogadores. Todos são titulares. Tudo é possível, mas ter dois jogadores na área é um pouco forçado” afirmou. Immobile, de 24 anos, que chega ao Brasil credenciado pela grande temporada que teve. Atuando pelo Torino, time de médio porte na atualidade, marcou 22 gols e foi o artilheiro do Campeonato Italiano. O grande desempenho levou o Borussia Dortmund a pagar € 20 milhões por ele.

Formação

Nada disso, porém, deve colocá-lo na equipe titular contra a Inglaterra, sábado, às 19h, na Arena da Amazônia, em Manaus. Prandelli ensaia uma formação com cinco jogadores no meio de campo, deixando Balotelli como o único mais avançado no setor ofensivo. “Com um esquema de cinco meio-campista, escalar Balotelli ou Immobile não muda nada” admitiu Prandelli. O treinador está pressionado justamente em um momento de pouca produtividade de Balotelli. O polêmico centroavante marcou 14 gols no último Italiano, oito a menos que Immobile, e mergulhou na má temporada realizada pelo Milan. Tanto que pode ser negociado com o futebol inglês novamente. 

Publicar

Fanny Neguesha chegou ao Brasil nesta segunda-feira. E logo encontrou o namorado MarioBalotelli. Depois de publicar uma foto de dentro do avião, em que mostrava o mapa da viagem e a proximidade da chegada ao Rio de Janeiro, a modelo belga divulgou, no fim da manhã, que já está ao lado do amado.  Em seu Instagram, Neguesha postou uma foto ao lado de Balotelli. Ambos aparecem na beira da praia de Mangaratiba, RJ, onde a seleção italiana está realizando sua preparação para a Copa do Mundo. Na descrição da postagem, apenas uma série de corações. Em outra, publicada aí no perfil de Balo, os dois aparecem no quarto do hotel, cada um tapando a boca do outro.

Concentrados

Depois do treinamento fechado para a imprensa na manhã desta segunda-feira, na Gávea, os jogadores da Holanda voltaram para Ipanema, onde fica o hotel em que estão concentrados. Muitos deles, porém, aproveitaram para ir à praia. Alguns bateram bola, enquanto outros se refrescaram no mar. Até o técnico Louis van Gaal pisou a areia da praia e molhou os pés na água. Houve também alguns atletas que preferiram se divertir jogando frescobol. Foi o caso do atacante Robben. A Holanda está no Grupo B da Copa do Mundo, junto de Espanha, Chile e Austrália. A estreia da Laranja Mecânica acontece na próxima sexta-feira, contra os espanhóis, na Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Abertura

O engenheiro de software Mario Griffith, de 57 anos, é um dos fanáticos crotas que já estão no Brasil para assistir à partida de sua seleção contra a equipe anfitriã, na abertura da Copa do Mundo, em 12 de junho. O primeiro de dois jogos entre os países, ele aposta, confiante. Na sexta-feira, acompanhado de três amigos – todos trajados com a tradicional camisa croata, quadriculada em vermelho e branco -, ele esteve no Rio de Janeiro para conhecer o Maracanã. “Mas a Croácia vai jogar em São Paulo”, observei. “Não, a Croácia vai jogar aqui na final. Vamos jogar duas vezes contra o Brasil. Na abertura e no encerramento”, sorriu o torcedor, que é natural de Rijeka e reside em Munique.

Ingleses

Jogadores da Inglaterra visitaram a favela da Rocinha para participar de um aula experimental de futebol, fazendo o papel de treinadores dos alunos da escolinha do Complexo Esportivo. O grupo foi recebido na comunidade na Zona Sul do Rio com grande festa e uma roda de capoeira, e  convidado a conhecer as instalações do projeto. Welbeck, Sturridge, Wilshere, Foster e Lallana se encantaram com o jogo brasileiro e até arriscaram alguns movimentos. Sturridge era o mais empolgado e ensaiou até uns passos de samba. Os ingleses chegaram ao Rio no último domingo e realizaram seu primeiro treinamento na cidade nesta segunda-feira, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, aos pés do Pão de Açúcar. Em seguida, pequeno grupo de jogadores seguiu para a Rocinha. A Inglaterra está no Grupo D da Copa do Mundo, ao lado de Itália, Costa Rica e Uruguai. A estreia é no próximo sábado contra os italianos, na Arena Amazônia, em Manaus.

Cotidiano

A chegada da Seleção Espanhola no último domingo movimenta a cidade de Curitiba, com a presença dos jornalistas espanhóis que acompanham o cotidiano da Fúria no Centro de Treinamento do Caju, do Atlético-PR, onde a delegação está instalada.  A previsão do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba é de que até 500 jornalistas espanhóis estejam na cidade para a cobertura. Entre eles, a repórter Sara Carbonero, que já se destaca. Esposa do goleiro Casillas, ela ficou famosa em todo o mundo pela beleza e depois de ganhar um beijo do goleiro, durante uma entrevista ao vivo logo após a Espanha ter vencido a Copa do Mundo de 2010. Sara chegou na manhã desta segunda-feira em Curitiba e logo em seguida estava na frente do CT do Caju. Ela deve participar da primeira coletiva da seleção espanhola em solo brasileiro prevista para a tarde desta segunda-feira.

Mexicanos

Os jogadores mexicanos tiveram um contra-tempo na manhã desta segunda-feira. Ao desceram do hotel em que estão hospedados, no bairro do Gonzaga, em Santos, para se dirigirem ao ônibus oficial da seleção que os levaria para o segundo treino na Baixada Santista, os atletas foram surpreendidos com a notícia de que veículo havia quebrado. Todos tiveram que deixar o ônibus e a delegação se dividiu em vários taxis para rumar ao CT Rei Pelé. Após o ocorrido, foi identificado o problema inusitado. A bateria do ônibus precisou ser trocada e, em seguida, o motorista da seleção mexicano pôde levar o veículo ao CT para trazer os jogadores de volta após a atividade comandada por Miguel Herrera. O treino tático, que estava marcado para ter início às 11h30, acabou atrasando em alguns minutos, mas acontecerá normalmente. O México, que está no Grupo A, junto com o Brasil, faz mistério e à partir desta segunda-feira, irá liberar apenas os últimos minutos dos treinos, sem entrevistas.

Camarões

A novela envolvendo a chegada de Camarões para disputar a Copa do Mundo de 2014 aparentemente chegou ao fim. Depois de várias idas e vindas, a seleção enfim desembarcou no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, para a disputa da competição. A equipe já está a caminho de Vitória, no Espírito Santo, onde se concentra durante o Mundial. O desembarque no Rio aconteceu cerca de 18h além do previsto inicialmente pela Federação Camaronesa de Futebol. Inicialmente, o planejamento  era de que os africanos embarcassem na manhã de domingo e chegassem à tarde no Rio. Entretanto, os jogadores se recusaram a ir ao aeroporto, devido a divergências sobre os valores da premiação da equipe. Com isso, a recepção organizada aos camaroneses em Vitória acabou cancelada. O impasse só foi resolvido à tarde, quando os atletas enfim concordaram em viajar para o Brasil. Mesmo assim, houve um novo entrave – as autoridades do aeroporto local determinaram que o horário do voo fosse adiado para a madrugada desta segunda.

Cortado

A Federação Equatoriana de Futebol enfim confirmou o corte de Segundo Castillo, volante que defende o Wolverhampton, da Inglaterra. Exames constataram um rompimento nos ligamentos do joelho direito do jogador, durante amistoso contra o México. Castillo, de 32 anos, havia sido confirmado na lista final de 23 convocados para a Copa do Mundo, apesar da suspeita de contusão grave. O lance que tirou o volante do Mundial aconteceu em uma forte dividida entre ele e Luis Montes, do México. Os dois jogadores acabaram se contundindo com gravidade e ficaram de fora da competição. Para o lugar de Castillo, o técnico Reinaldo Rueda convocou o volante Oswaldo Minda, de 30 anos, que defende o Chivas USA, time da Major League Soccer (MLS), liga norte-americana de futebol. O jogador estava na pré-lista de 30 convocados, mas tinha ficado de fora da lista definitiva.

Estranharam

O clima competitivo já faz parte do elenco holandês. Durante um treinamento da equipe na Gávea, no Rio de Janeiro, o craque Arjen Robben e o zagueiro Bruno Martins Indi, nascido em Portugal, se estranharam após uma divida. No lance, o zagueiro caiu no chão e prendeu com o braço a perna do meia do Bayern de Munique. Irritado, Robben chegou a chutar duas vezes o colega de seleção para tentar se desvencilhar, e levando uma encarada de Indi na sequência. Em entrevista à Associated Press, o zagueiro minimizou o episódio. “Foi um pequeno desentendimento”, disse Bruno Martins Indi. Ao longo da atividade, não faltaram divididas fortes entre os atletas holandeses. Em mais de uma ocasião, entretanto, Indi e Robben protagonizaram as entradas mais duras.

Desembarcam

A seleção norte-americana desembarcou na manhã desta segunda-feira ao Brasil para a disputa da Copa do Mundo de 2014. A equipe chegou ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, em clima de tranquilidade. Agora, os Estados Unidos seguem para o seu local de concentração. A equipe fará a preparação no Centro de Treinamento do São Paulo, na Zona Oeste da cidade. Nesta segunda-feira, já está previsto um treino da equipe da América do Norte. A partir das 15h30, a comissão técnica realiza o primeiro trabalho no Brasil. Na Copa do Mundo, os norte-americanos não deram sorte na primeira fase e disputam um grupo complicado. A estreia será no domingo contra Gana, em Natal. Na sequência, enfrentam os dois favoritos da chave: Portugal (em Manaus) e Alemanha (em Recife).

Demissão

O divórcio entre Milan e Clarence Seedorf foi enfim oficializado na manhã desta segunda-feira. Em nota oficial, o clube anunciou a demissão do técnico holandês, contratado em janeiro deste ano. Para seu lugar, o clube confirmou Filippo Inzaghi, outro ídolo recente da equipe. “AC Milan comunica que Clarence Seedorf foi demitido. Filippo Inzaghi foi nomeado como novo treinador, e está sob contrato válido até 30 de junho de 2016”, publicou o clube por meio de seu site oficial, sem maiores detalhes. A imprensa italiana já dava como certa a decisão há semanas, embora o clube não se pronunciasse sobre a situação.

Carreira

Apesar disso, o próprio Seedorf chegou a dar entrevistas garantindo que continuaria no Milan. Seedorf, de 38 anos, que abandonou o Botafogo e a carreira como jogador para assumir o time, não conseguiu fazer com que o time jogasse com regularidade. Ao todo, foram 22 jogos à frente da equipe, com 11 vitórias, 2 empates e 9 derrotas. No Campeonato Italiano, o Milan terminou em oitavo, sem se classificar para competições europeias. Contemporâneo de Seedorf no Milan como jogador, o ex-atacante Filippo Inzaghi se aposentou em em 2012, após mais de 300 jogos pela equipe. Desde então, era técnico das categorias de base do clube.

Barcelona

Luis Enrique, técnico do Barcelona, foi internado às pressas na manhã desta segunda-feira em decorrência de uma apendicite aguda no Hospital Universitário Mutua de Terrassa, em Barcelona, na Espanha. O comandante barcelonista foi levado com urgência ao hospital após sentir fortes dores intestinais e, após exames que constataram a apendicite aguda, deve ser operado ainda nesta segunda. Apesar do término antecipado da temporada europeia de futebol, Luis Enrique trabalhava todos os dias na sede do clube, acompanhado do restante da comissão técnica, e participava de frequentes reuniões com Andoni Zubizarreta, diretor de futebol, para definir a reformulação do elenco para a próxima temporada. Enrique chegou ao Barcelona nesta temporada, substituindo o argentino Gerardo Martino, demitido do cargo após um ano sem grandes conquistas. A intenção da diretoria é promover uma renovação no Barcelona, assim como fez em 2008, com Pep Guardiola, que substituiu a geração do técnico Frank Rijkaard e do astro Ronaldinho Gaúcho.

Punição

Sergio Pérez e Felipe Massa não tiveram a chance de completar o Grande Prêmio do Canadá por terem se envolvido em um acidente na última volta. Após a prova, quem levou a pior foi Pérez, que foi julgado como culpado e acabou punido pela organização. Para a Force India, a maior suspeita é que a punição tenha sido resultado de uma conspiração.

As informações foram dadas pelo portal alemão Auto Motor und Sport, que afirmou que a equipe ficou insatisfeita com a participação de Adrian Fernández na reunião que foi decidido o culpado, enquanto o ex-piloto que compunha o grupo de comissários era Derek Daly. Ex-agente de Pérez, Fernández encerrou seu vínculo profissional com o piloto de maneira não tão amigável há cerca de dois anos.

Dirigente

O piloto comissário era Derek Daly. Não sei por que pediram a opinião do Fernández”, disse Andy Stevenson, dirigente da Force India. A insatisfação também foi reforçada por Pérez, que publicou em sua conta oficial no Twitter uma mensagem contra a presença de Férnandez na reunião. “Custa-me entender a minha penalização depois de ver várias vezes o choque. Que lástima que um mexicano tenha influenciado tanto em nos prejudicar”, afirmou o piloto. Defendendo-se dos rumores, Charlie Whiting, diretor de provas da categoria, garantiu que Fernández não interferiu no julgamento e que estava presente apenas como ouvinte, já que será um dos comissários no GP da Rússia, em outubro. Como a direção da prova interpretou que Pérez causou o acidente ao se movimentar bruscamente para o lado esquerdo, o piloto foi punido com a perda de cinco posições no grid na próxima corrida da temporada, que será realizada na Áustria.

Titulares

Um dos titulares da Seleção Brasileira sub-20 campeã da Panda Cup na China, nesse domingo, pertence ao Palmeiras, mas não tem chance mesmo atuando em uma posição que não desperta confiança na torcida. Feliz pelo título que conquistou vestindo verde e amarelo, o lateral esquerdo Mateus Muller ainda espera pela oportunidade de estar com o time profissional. “Respeito os profissionais que trabalham no clube e eles saberão a hora certa de me dar uma oportunidade nos profissionais. Não estou ansioso e não posso queimar etapas. Estou tranquilo”, disse o jogador, adotando discurso de que não fará pressão para jogar após vencer o torneio nesse fim de semana. “Tenho que pensar em uma coisa de cada vez. O título com o Brasil não vai mudar em nada a minha rotina no Palmeiras. Seguirei trabalhando com muito empenho, como sempre fiz”, afirmou Mateus Muller, que está nas categorias de base do Verdão desde o ano passado.

(*) Wilson Barbosa é jornalista e cronista esportivo. Email: www.wilsonbarbosatreze@gmail.com

 

Deixe uma resposta