Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez promoverá oficina

Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez promoverá oficina

A intenção é capacitar os professores e melhorar o Atendimento Educacional Especializado - Foto: Ascom/SEEDNo período de 23 a 27 de junho, o Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez de Roraima (CAS/RR), promoverá uma oficina de capacitação direcionada aos professores que atuam na rede estadual de ensino. A oficina será realizada no auditório da Escola Estadual Ayrton Senna, das 18h às 22h. A carga horária será de 20 horas e as aulas serão ministradas pela professora Maria de Jesus Trajano Paz, integrande do CAS/RR.

Serão trabalhados temas como “Escola Inclusiva”, “Apoio Pedagógico à Sala Comum” e “Recursos Diferenciados”. Atualmente existem 84 alunos surdos matriculados em 32 instituições de ensino.

A intenção da oficina é capacitar os professores que atuam nestas escolas e melhorar assim o Atendimento Educacional Especializado (AEE) ofertado nas unidades de ensino, tendo em vista as peculiaridades pedagógicas da educação dos surdos.

“A ideia é estender a capacitação às equipes pedagógicas das escolas, aos gestores escolares bem como aos professores, com o objetivo de melhorar o atendimento diferenciado já ofertado nas escolas”, explicou Cynara Selma Silva, diretora do CAS/RR.

Inscrição

As inscrições estarão abertas no período que vai de 16 a 20 de junho. Estão sendo ofertadas 60 vagas. Os interessados em participar da oficina devem efetuar a inscrição no próprio CAS/RR, das 8h às 12 horas e das 14h às 18 horas.

Será necessário apresentar o RG ou outro documento de identificação. Tanto as inscrições quanto a oficina, são gratuitas. O CAS/RR está localizado na Avenida Major Williams, nº 1.614, bairro São Francisco.

Educação Inclusiva

A Secretaria Estadual de Educação e Desportos (SEED) por meio da Divisão de Educação Especial e demais departamentos, promove uma série de ações para atender as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), com o intuito de inserir os alunos com necessidades educacionais especiais no ensino regular comum. 

Entre estas ações, está a adaptação das escolas para receber estes estudantes, com a com a implantação das Salas de Recursos Multifuncionais, para atender alunos com deficiências (auditiva, visual, múltipla, intelectual, física), com transtornos globais do desenvolvimento, espectros do autismo e com altas habilidades (conhecidos como superdotados), e a oferta de cursos de capacitação e formação continuada para os professores da rede pública por meio dos centros de atendimento especializado, entre eles, o CAS, Centro de Atividades e Desenvolvimento de Altas Habilidades/Superdotação (CADAHS).

E ainda Centro Estadual de Atendimento Educacional Especializado (CEAE) Denise Messias Santos, Centro de Apoio Pedagógico para Deficientes Visuais (CAP/DV), Centro de Atendimento Educacional Especializado de Boa Vista (CAE/BV). A SEED conta ainda com o Centro Estadual de Equoterapia Thiago Vidal Magalhães Pinheiro, localizado no Parque de Exposições Dandãezinho, na BR-174.  

 

 

 

Deixe uma resposta