Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Cateterismo: mutirão atenderá aproximadamente 24 pacientes neste fim de semana

Cateterismo: mutirão atenderá aproximadamente 24 pacientes neste fim de semana

As cirurgias serão feitas por dois médicos, um cardiologista de Roraima, responsável pela avaliação clínica e cardiologista hemodinamicista, que vem de Brasília - Foto: Ronildo Melo

As cirurgias serão feitas por dois médicos, um cardiologista de Roraima, responsável pela avaliação clínica e cardiologista hemodinamicista, que vem de Brasília – Foto: Ronildo Melo

O CDI (Centro de Diagnóstico por Imagem), da Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), promoverá um mutirão para realização de exames de cateterismo, nos próximos dias 14, 15 e 16 de março. Estão programados para serem atendidos aproximadamente 24 pacientes, da Capital e do Interior, nos períodos da manhã e tarde, sem intervalos.

As atividades serão realizadas na sede do CDI, localizado na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes.

A ação tem como finalidade atender pacientes internados nas unidades de Saúde das redes pública e privada, além daqueles eletivos que, após consulta, avaliação clínica e com os exames necessários realizados, aguardam em casa, pelo procedimento cirúrgico.

As cirurgias serão feitas por dois médicos, um cardiologista de Roraima, responsável pela avaliação clínica e cardiologista hemodinamicista, que vem de Brasília (DF).

Conforme a diretora da unidade, Fátima de Jesus, os mutirões fazem parte de um plano de trabalho anual, programado sempre no exercício anterior, e executado ao longo dos 12 meses do exercício vigente, de forma mensal.

“Essa é uma metodologia de trabalho adotada há mais de 10 anos, que vem dando certo e apresentado resultados positivos, pois depois de um certo período percebemos que, pela logística que envolve a realização das cirurgias, [uma vez que são utilizados leitos do HGR], se tornou mais prático e viável a realização dos procedimentos nos fins de semana, em regime de mutirão”, esclareceu.

Anualmente são atendidos cerca de 420 pacientes, uma média de 35 a cada mutirão. Desse total 12% equivale a demanda de outros estados como Amazonas e até países como Venezuela e Guina. “Constatamos que o Estado tem ido muito além do compromisso, pois além da demanda local, são atendidos pacientes de outras regiões. Muitas das vezes são pessoas que tem parentes em Roraima e que optam por realizar o procedimento aqui por ser mais rápido e pela proximidade dos familiares, o que nos deixa com o sentimento de dever cumprido”, salientou.

CDI

O CDI (Centro de Diagnóstico por Imagem) é a única unidade de Roraima que disponibiliza o exame de cateterismo para as unidades das redes pública e privada. Trata-se de um procedimento de alta complexidade, na especialidade de cardiologia, que requer estrutura e equipamento específicos. Desta forma, apenas na sala de hemodinâmica do CDI é realizado o exame de cateterismo. “O CDI atende toda a demanda de Boa Vista e dos municípios, das unidades do SUS [Sistema Único de Saúde] e também as particulares. Por isso temos o compromisso de manter o planejamento de realização de mutirões mensais, um trabalho planejado com antecedência que tem proporcionado aos pacientes a exames tão importantes que dependendo do grau de comprometimento da doença podem salvar vidas, ou seja, é a prova do compromisso da gestão em manter a disponibilidade do serviço e o bem estar dos usuários do SUS”, finalizou.

 

Deixe uma resposta