Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Casos de dengue diminuem em Boa Vista

Casos de dengue diminuem em Boa Vista

Agentes de endemias visitam residências - Foto: Marcos LimaDados da Secretaria Municipal de Saúde apontam diminuição do número de casos de dengue em Boa Vista. De janeiro deste ano até o final de maio, foram notificados 333 casos da doença, contra 556 em relação ao mesmo período do ano passado. Desses, apenas 55 foram confirmados, frente aos 88 referentes a 2013. 

Dos 55 casos confirmados, 28 foram em homens e 27 em mulheres. Todos tiveram classificação de dengue sem gravidade. O bairro Senador Hélio Campos, na zona oeste, teve o maior número de notificações – 39 casos, seguidos com 18 no Pintolândia e 13 no Asa Branca.

Em 2013, foram notificados 1.050 casos da doença, sendo confirmados 246. Os bairros com maiores incidências também foram na zona oeste da cidade.

“O vírus da dengue não é transmitido por meio da água ou alimento, também não há transmissão através do contato direto com uma pessoa doente ou das secreções. A transmissão é sempre através da picada dos mosquitos. Por isso, é importante que todos mantenham os quintais limpos e sem objetos que possam acumular água”, explicou a médica da Atenção Básica de Saúde, Maria da Paz Feitosa de Sousa.

Dengue 

É uma doença causada por vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti. Considerada um grande problema de saúde pública no mundo – afeta mais de 100 países nas regiões tropicais e subtropicais, além de causar infecções em torno de 50 a 100 milhões de pessoas por ano. 

O vírus dengue é classificado em quatro tipos: DENV1, DENV, DEN3 e DENV4. As siglas significam que uma pessoa saudável pode contrair a doença até quatro vezes. Porém, ela permanece imune aos tipos que ainda não contraiu por um período relativamente curto, de até seis meses.

Sintomas 

Os principais sintomas da doença são: febre alta associada à dor de cabeça, dor atrás dos olhos, no corpo e nas juntas. Outros sintomas como manchas vermelhas pelo corpo, vômitos e diarréia podem aparecer. Qualquer manifestação hemorrágica deve ser considerada sinal de alarme para casos mais graves.

Como evitar 

Os ovos do mosquito precisam de água parada. Por isso, é importante não deixar água acumulada no quintal, em caixas d’água, vasos de plantas, pneus, calhas, ou qualquer outro recipiente que acumule água.

“Alerte sua família e seus vizinhos. Todos devem colaborar. Combater a dengue é um dever de todos nós”, ressaltou a superintendente de Vigilância em Saúde, Cíntia Brasil.

A eliminação e controle do mosquito diminuem a chance de transmissão da doença. É importante manter sempre os quintais limpos, removendo ou destruindo qualquer local de reprodução dos mosquitos. 

 

 

 

Deixe uma resposta