Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Caracaraí receberá investimentos em infraestrutura

Caracaraí receberá investimentos em infraestrutura

Romero Jucá em visita a Caracaraí- Fotos: Benício Moreira

O senador Romero Jucá (PMDB) visitou na tarde de sexta-feira, 16, o município de Caracaraí, localizado na região Sul de Roraima. Em reunião com a prefeita Socorro Guerra e sua equipe técnica, ele conheceu as principais dificuldades enfrentadas pela gestão municipal e anunciou recursos que serão aplicados em diversas obras de infraestrutura.

“Estamos trabalhando muito junto aos municípios. Aqui em Caracaraí, já temos recursos assegurados para obras de asfalto, recapeamento, iluminação e vamos concluir a obra da Unidade de Saúde, no bairro Santo Antônio. Também vamos buscar investimentos para recuperação da Orla, obra que ajudei a construir e que foi afetada pela cheia do Rio”, disse o senador.

A cidade de Caracaraí é a terceira mais populosa de Roraima. Além das necessidades de infraestrutura, o município também enfrenta problemas com a regularização fundiária de sua área urbana.

No bairro Santo Antônio, existe uma área de invasão onde vivem hoje, mais de 300 famílias que serão beneficiadas com obras de drenagem e asfaltamento. Parte dessa área pertence à União e outra ainda está sob responsabilidade do município de Boa Vista. O processo de transferência das terras está em andamento.

“A visita do senador foi maravilhosa porque nos traz esperança. Falamos das necessidades e recebemos repostas importantes para nossas demandas. Hoje, Caracaraí precisa muito de drenagem, de asfalto e de iluminação. Com apoio do senador, já temos dinheiro garantido para essas e outras obras que vão melhorar muito nossa cidade”, afirmou a prefeita.

Dívida INSS

Na reunião, o senador também destacou os benefícios da medida Provisória 778/201, que facilita o pagamento das dívidas dos municípios com o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

Só a Prefeitura de Caracaraí, por exemplo, deve R$ 13 milhões ao INSS e sem o pagamento, fica impedida de receber recursos federais. Para o presidente da Associação dos Municípios de Roraima (AMR), James Batista, a medida contribuirá com a organização financeira e administrativa das prefeituras.

“Essa medida resolve nosso maior problema. As prefeitura estavam engessadas com essa pendência. Agora, temos condições facilitadas de quitar essa dívida”, explicou.

A instrução normativa 1.710/2017, que regulamenta a MP 778/201, foi publicada no Diário Oficial da União no dia 8 deste mês. Ela autoriza o parcelamento em até 200 vezes dos débitos dos municípios e Estados com o INSS, com desconto de 25% nos encargos das dívidas, 25% das multas e 80% dos juros. Também permite a inclusão de débitos vencidos até 30 de abril de 2017.

 

 

Deixe uma resposta