Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Câmara institui Prêmio para empresas que incentivam a doação de sangue

Câmara institui Prêmio para empresas que incentivam a doação de sangue

Foto: Nonato Sousa

Foto: Nonato Sousa

Os vereadores de Boa Vista aprovaram, por unanimidade, na sessão desta quarta-feira, 2, Projeto de Decreto Legislativo de autoria do vereador Leo Rodrigues, que institui o Prêmio Solidariedade – Um Gesto que Salva Vidas, destinado a empresas que incentivam a doação de sangue entre seus colaboradores.

O objetivo da iniciativa é estimular as empresas de Boa Vista a conscientizarem os colaboradores sobre a importância de ajudar o próximo, através da doação de sangue.

“Acreditamos que atualmente as empresas reconhecem que a sustentabilidade e a responsabilidade social, muito mais do que simples conceitos, são efetivamente, realidade. Portanto, as que se preocupam seriamente com as novas regras de competitividade e de comprometimento responsável com o meio social e ambiental em que estão inseridas, merecem reconhecimento, pois entenderam que seu maior patrimônio é humano”, destacou o vereador.

Segundo Rodrigues, um fator que compromete o abastecimento do estoque de sangue no Hemocentro é que homens só podem doar a cada dois meses, não podendo passar de quatro doações por ano, já as mulheres a cada três meses, não podendo exceder três doações por ano.

Com o prêmio, se pretende estimular as empresas a conscientizar seus colaboradores para a doação espontânea e transformar o cidadão em doador de sangue, formando assim uma corrente de agentes multiplicadores e, com isso, não faltará sangue para o atender a população.

Leo Rodrigues lembra ainda que uma doação ajuda mais de uma pessoa, afinal, os componentes do sangue são divididos em quatro bolsas, o que certamente ‘e um incentivo a mais para o doador ajudar a salvar vidas.

“Se não há falta de sangue, consequentemente, não haverá atrasos nas cirurgias. Os pacientes serão atendidos adequadamente e não ficarão preocupados com a possibilidade de seus procedimentos não serem realizados a tempo. Ademais, quem pratica a solidariedade não ajuda apenas o próximo, mas ajuda a si mesmo, é um ato de amor ao próximo”, justifica.

Critérios

O projeto estabelece alguns critérios paras a escolha das empresas que vão ser premiadas. Será anualmente formada uma Comissão composta por cinco vereadores, que irão elaborar os projetos para conceder o Prêmio.

Caberá à Comissão a escolha de cinco empresas que, durante o ano, promoverem ações motivando e incentivando a doação de sangue entre seus colaboradores.

As empresas aprovadas serão reconhecidas em solenidade no plenário da Câmara, que receberão como premiação o Diploma Prêmio Solidariedade – Um Gesto que Salva Vidas.

 

Deixe uma resposta