Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Brasil-Guiana: escola estadual promove intercâmbio intercultural

Brasil-Guiana: escola estadual promove intercâmbio intercultural

O projeto consiste em levar até a comunidade escolar, ensino e aprendizagem na perspectiva bilinguista

O projeto consiste em levar até a comunidade escolar, ensino e aprendizagem na perspectiva bilinguista

Visando aproximar ainda mais os povos da fronteira entre Brasil e Guiana, a escola estadual Aldébaro José Alcântara, localizada no município de Bonfim, realiza até sábado, 7, a 4ª edição do Intercâmbio Intercultural das Escolas da Fronteira que faz parte do “Projeto: Novos Espaços Educacionais, Construindo Possibilidades de Aprendizagem” desenvolvido pela instituição de ensino.

O projeto será realizado simultaneamente em quatro escolas localizadas nos municípios de Bonfim/Brasil e Lethem/Guiana. O evento consiste em levar até a comunidade escolar, ensino e aprendizagem na perspectiva bilinguista, por meio de palestras realizadas por profissionais de educação de Roraima, Amazonas e Ceará.

Professores irão até a escola St. Ignatius Secondary School, em Lethem, para ministrar palestras para os alunos do ensino fundamental. Estudantes de Bonfim atuarão como intérpretes dos profissionais que não dominam a língua inglesa.

Entre os temas das palestras e oficinas que serão ministradas estão: O que existe dentro do átomo; Olho câmera digital; Desvendando as Ciências Forenses; Demonstração de experimento na área da física; O ensino e aprendizagem da língua inglesa; Aplicação do Estatuto da Criança e d adolescente com estratégias de enfrentamento ao combate ao tráfico de drogas no contexto de fronteira; Oficina de Robótica; Oficina Temática Patrimônio Histórico Cultural, além da Exposição Fotográfica: Retrato do Baixo Rio Branco: sobre a ótica de mulheres ribeirinhas.

Segundo o organizador do evento, professor Paulo Ricardo Pinheiro, o objetivo do projeto é realizar ações educativas junto aos estabelecimentos da educação básica nas cidades gêmeas fronteiriças. “Mesmo sendo uma escola do interior, buscamos por meio desses eventos a aproximação com o país vizinho por meio da educação”, afirmou.

Parceiros

O evento conta com o apoio da Seed (Secretaria Estadual de Educação e Desporto) Ufam (Universidade Federal do Amazonas), UFRR (Universidade Federal de Roraima), UFC (Universidade Federal do Ceará, IFRR (Instituto Federal de Roraima), Uerr (Universidade Estadual de Roraima), Assembleia Legislativa de Roraima, Prefeitura Municipal de Bonfim e Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto de Bonfim.

Dina Vieira

 

Deixe uma resposta