Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Bope encontra drogas, armas e material de fuga na PA

Bope encontra drogas, armas e material de fuga na PA

Foram encontrados diversos objetos, armas e drogas - Foto: Sargento VilmarEm revista realizada na última segunda-feira, 28, das 6h às 13h, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), da Polícia Militar, apreendeu na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, farto material que os presos dispunham nas celas da PA. O relatório da vistoria saiu nesta terça-feira, 29. 

Foram encontrados pela equipe do BOPE dez televisores, seis DVDs, quatro geladeiras, nove garrafas de bebidas fermentadas (encontradas entre o teto e o forro), cordas artesanais, conhecidas entre os detentos por tesouras, usadas em fugas. Também foram encontrados pelo BOPE facas, facões, cigarros, algumas trouxas de maconha, metais, panelas, vergalhões e ferro. 

A vistoria foi realizada depois das tentativas de fugas empreendidas pelos presos. No episódio para conter uma dessas tentativas, três detentos saíram com ferimentos leves, mediante o uso de bala de borracha. Os 12 líderes que comandavam a tentativa de fuga foram encaminhados para a Cadeia Pública.

A confusão começou após atrito entre os presos. Nela, um teria corrido na direção das guaritas. Enquanto isso, outros jogaram pedras contra os policiais. Os presos foram contidos pelas equipes da guarda externa do presídio, mediante uso de balas de borracha. 

Segundo o comandante da Polícia Militar, coronel Dagoberto da Silva Gonçalves, os 12 presos encaminhados à Cadeia Pública, que atiraram pedras contra os policias durante a tentativa de fuga, foram os mais exaltados. 

O secretário de Justiça e Cidadania (Sejuc), Natanael Nascimento, disse que desde a decretação do Choque de Ordem pelo Estado, começaram a surgir reações por parte dos presos. “Isso demonstra que o trabalho previsto dentro das normas do decreto foi feito. O Estado não vai abrir mão de controlar o Sistema”, afirmou o secretário.

Para o comandante da PMRR, o trabalho alcançou os resultados esperados porque todo o Sistema Prisional estava preparado para essas possíveis reações. “O Estado se antecipou a essas reações (presos exaltados e tentativas de fuga)”, disse. 

 

 

Deixe uma resposta