Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Boa Vista vai ganhar primeiro loteamento de chácaras clube

Boa Vista vai ganhar primeiro loteamento de chácaras clube

Colina Park - Foto: Divulgação

Colina Park – Foto: Divulgação

A crescente migração para a capital roraimense nos últimos anos está mudando o cenário urbano. Entre os anos de 1991 a 2014, a população de Boa Vista saltou de 122.600 habitantes para 314.000, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre as décadas de 80 e 90 a migração chegou ao patamar de 7% ao ano. Atualmente Boa Vista possui 55 bairros. Destes, 40 estão na zona Oeste e compreendem 88,06% dos moradores da capital.

A expansão demográfica e a crescente necessidade de moradias dentro do município, fizeram despertar o interesse de um grupo empresarial do setor imobiliário de Goiânia. A empresa Terra Brasil, com experiência no mercado desde 1982, é a responsável pelo maior empreendimento imobiliário já feito no município. Pensando na valorização dos imóveis de Boa Vista, a Terra Brasil resolveu focar seus investimentos na capital por já ter uma boa infraestrutura, como transporte, energia e água encanada.

O empresário Divino Cordeiro de Toledo, dono da empresa Terra Brasil, já tem negócios em Roraima há mais de dez anos. Com o olhar empreendedor resolveu trazer a sua imobiliária para Boa Vista e lançar o Colina Park. É o primeiro loteamento de chácaras-clube na zona rural do município. – É uma propriedade ampla com muito verde, área de lazer cercada por um igarapé e pelo rio Cauamé, e longe da agitação urbana, disse Toledo.

O Colina Park é um projeto ousado e inovador. Dentro do loteamento haverá um clube com piscina para adultos e crianças, quadra poliesportiva, quiosques com churrasqueira, salão de eventos, academia aberta, home office, parque infantil, balneário com deck e até trilha entorno do empreendimento. O loteamento rural, que será lançado no início de abril, está localizado a 20 minutos do centro de Boa Vista, na BR-205, saída para o município de Alto Alegre. O projeto terá nessa primeira fase do lançamento 746 lotes que variam entre 5 mil a 50 mil metros quadrados e todos titulados. A Terra Brasil chegou ao estado com um diferencial no seu projeto: a instalação de internet com fibra óptica e amplificador de antena para telefonia móvel com exclusividade para o empreendimento.

O empresário Toledo disse que em outras partes do Brasil é comum as chácaras-clube. – Resolvi trazer essa experiência do Centro-Sul do país porque observei a carência nesse tipo de projeto aqui na região e acredito que podemos contribuir muito com o mercado habitacional de Boa Vista e, principalmente, com a qualidade de vida das pessoas, finalizou o empresário.

Airlene Carvalho

 

Deixe uma resposta