Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Boa Vista Online: projeto completa um ano expandindo o acesso à internet nos espaços públicos

Boa Vista Online: projeto completa um ano expandindo o acesso à internet nos espaços públicos

Ponto de internet wi fi no terminal de ônibus - Foto: Polly Silva

Ponto de internet wi fi no terminal de ônibus – Foto: Polly Silva

O acesso à internet em espaços públicos, de forma gratuita, por meio do Boa Vista Online, está em funcionamento na capital há um ano. A Praça das Águas e o Parque Germano Augusto Sampaio foram os primeiros locais a receber o serviço.

Nesse período, tanto na praça como no parque, já foram registrados quase 50 mil dispositivos diferentes acessando a internet. Agora, novos espaços públicos devem receber wi-fi. O acesso à internet está em teste no Terminal de Ônibus, no centro da cidade, e na Praça do Cidade Satélite.

“Em março do ano passado, a prefeitura iniciou os testes na Praça das Águas e no final do ano, o serviço foi expandido para o Parque Germano Augusto Sampaio. Levando em consideração a população de Boa Vista, com esse número de dispositivos acessando o serviço, mostra que estamos atingindo uma grande parte da população, operando em apenas duas praças”, informou o secretário de Inclusão Digital, Arthur Henrique.

A pedagoga Thaize Barros Peixoto, de 30 anos, sempre vai com os filhos Lucas, de 7 anos, e Levi, de 4, à Praça das Águas. Ela sempre utiliza a internet e destaca a importância do serviço oferecido gratuitamente a população. “É um serviço de qualidade que tem suprido as necessidades das pessoas que frequentam a praça, no que diz respeito à velocidade. Só tenho a parabenizar a nossa prefeita por esse trabalho”, disse.

A proposta é expandir o projeto para demais espaços públicos. A internet gratuita já está em fase de teste no Terminal de Ônibus e na Praça do Cidade Satélite. “O serviço já foi implantado nessas localidades e estamos fazendo testes para deixá-lo funcionando melhor. Devemos inaugurar na semana que vem”, disse o secretário.

A estrutura montada no terminal de ônibus suporta atender em torno de 500 usuários ao mesmo tempo. Com a rotatividade de pessoas que entram e saem do terminal, a secretaria espera atender em torno de duas mil pessoas por dia. “Até porque não são somente os usuários de ônibus e táxi-lotação que serão beneficiados. Tem escolas próximas e os jovens, com certeza, vão se locomover até lá para utilizar a internet”, frisou.

A estudante Maylla Gabrielle Soares, de 18 anos, sempre utiliza o terminal do centro na hora de voltar para casa no final do dia. Ela ficou surpresa em ver o mesmo sinal de internet gratuito que utiliza na Praça das Águas, agora no terminal de ônibus. Ela, que se considera refém do wi-fi, acha uma excelente iniciativa da prefeitura expandir o serviço.

“Ultimamente a internet das operadoras não está com uma boa qualidade, o que acaba nos prejudicando. Às vezes precisamos mandar uma mensagem urgente e não dá, devido à conexão ruim. E essa internet nas praças públicas, mesmo com uma grande aglomeração de pessoas, é muito boa. É possível baixar fotos e vídeos com rapidez. É uma internet que podemos confiar”, comenta Maylla.

O próximo local a receber o serviço é a Praça da Amoca, no bairro Caçari. As praças da Bandeira, dos Bambus, Ayrton Senna, Mané Garrincha e Orla Taumanan, que estão em reforma, também serão contempladas com os serviços de internet gratuita. Desta forma, a população poderá utilizar os serviços logo que os espaços forem liberados.

“Dentro de três ou quatro meses vamos aumentar de 2 para quase 10 localidades com acesso gratuito a internet. Iremos abranger praticamente toda a cidade, indo de um ponto no extremo leste da cidade, no caso do Germano Sampaio, para o outro lado da cidade, no bairro Caçari”, declarou o secretário.

Ada Drews

 

Deixe uma resposta