Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Boa Vista Junina: Sala de Reboco reúne famílias ao som de muito forró

Boa Vista Junina: Sala de Reboco reúne famílias ao som de muito forró

Sala de reboco no Boa Vista Junina – Foto: Jackson Souza

O Maior Arraial da Amazônia já começou e chegou repetindo o sucesso do ano anterior com a Sala de Reboco. Próximo a Praça de Alimentação, o espaço é uma alternativa para aqueles que gostam de música mas fogem do aglomerado do palco principal. A Sala de Reboco foi feita para aqueles que gostam de dançar o tradicional forró pé de serra, o xote e baião, tão esperados no mês de junho.

A programação do espaço segue até o último dia de festa, no sábado, 24. Na abertura dos trabalhos do espaço, quem animou a noite foi Renato Poeske e banda, colocando todo mundo para dançar. No domingo, 18, quem comanda o som é a banda Forró do Empresário. Muita sanfona e zabumba prometem tomar conta da sala durante toda a semana.

O cenário rústico agradou quem passava. Rodeado por cercas de madeira e decoração nordestina, o espaço acolheu não só casais, mas também famílias. Janete Paz aproveitou a oportunidade para colocar em prática os aulas de forró que pratica com o filho. “Há alguns anos faço aulas de forró com o meu filho e, por ele ser menor de idade, não pode me acompanhar em festas. Aproveitamos esta oportunidade para colocar em prática todo o aprendizado de sala de aula”, comentou.

Mãe da pequena Cecília de 2 anos, Bianca Salles ainda não conhecia o espaço e se surpreendeu com o que viu. “Nós que temos crianças pequenas muitas vezes não conseguimos chegar perto do palco por conta da quantidade de gente. Este espaço da Sala de Reboco nos permite nos divertirmos com mais conforto e tranquilidade”, destacou.

A sala de Reboco está localizada na Praça Fábio Marques Paracat, ao lado da Casa de Farinha. Até o próximo sábado devem passar pelo palco as bandas Forró do Empresário, Daniel Frota, Walker Tavares e banda, Nadyne Leal e Ana Kelly e Banda, Neto Andrade e Banda Forró Chapéu.

Jéssica Costa

 

 

Deixe uma resposta