Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Batata Doce: vicinal da P.A. Nova Amazônia será transformada em polo produtor

Batata Doce: vicinal da P.A. Nova Amazônia será transformada em polo produtor

16 agricultores participarão do projeto –  Fotos: Andrezza Mariot

Batata doce, um dos vegetais mais nutritivos e versáteis que existe e pode ser encontrada facilmente durante todo o ano. Ela é rica em inúmeros nutrientes e antioxidantes e tem muitos benefícios a oferecer à nossa saúde. Esse será um dos alimentos que serão cultivados pelos agricultores que vivem da gleba Truarú.

Em reunião com os agricultores familiares da vicinal 2 do Projeto de Assentamento Nova Amazônia, gleba Truarú, realizada na tarde desta quarta-feira (10), a Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas – SMAI iniciou os trabalhos do projeto Batata Doce.

Ao todo, dezesseis agricultores participarão do projeto que prevê ações para o plantio do vegetal nas propriedades, transformando assim o local em polo produtor e criando uma identidade geográfica.

De acordo com o Secretário Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas Marlon Buss, existe um dimensionamento para o projeto e será dividido em fases. “Neste sentido, contaremos com a parceria da Embrapa e outras instituições para empregar o que há de melhor em tecnologia de produção que pudermos oferecer aos nossos agricultores. O projeto é viabilizar economicamente meios para expandir e alavancar o agronegócio em nosso município”, destacou.

O agricultor Roque Matte destacou que as expectativas para o projeto são as melhores possíveis. “Nós estamos aptos e prontos para iniciar o trabalho e transformar nossa região em um polo produtor de batata doce. Precisamos ser persistentes e não desistir nunca, pois este é o legado que deixaremos para nossos filhos”, concluiu.

Projeto

Nesta quarta-feira, 10, iniciaram os trabalhos de abertura de área para o plantio e coleta de amostras para análise do solo. Estas etapas do projeto são de responsabilidade da SMAI. O cronograma segue até que as dezesseis propriedades tenham sido atendidas e de modo que os produtores possam começar o plantio simultaneamente.

 

Deixe uma resposta