Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Bairro Operário recebe reforço no abastecimento de água

Bairro Operário recebe reforço no abastecimento de água

Uma obra realizada no bairro esta semana solucionou definitivamente o problema de falta de água que ocorria no local - Foto: Neto Figueiredo

Uma obra realizada no bairro esta semana solucionou definitivamente o problema de falta de água que ocorria no local – Foto: Neto Figueiredo

Há mais de 10 anos, parte do bairro Operário não recebia de forma uniforme e satisfatória o abastecimento de água. Uma obra realizada esta semana solucionou definitivamente o problema. Nesta última quinta-feira, dia 7, o presidente da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), Danque Esbell, visitou o bairro para acompanhar os testes de pressão na rede de distribuição.Segundo Esbell, no início do ano a Caer realizou um estudo onde foi detectada a área do bairro que necessitava de uma interligação de rede. “Esse estudo foi realizado em vários bairros da cidade, e no Operário o diagnóstico foi que faltava algumas interligaçõe. Nós fizemos e hoje percebemos que houve melhora significativa”, disse.

A dona de casa Bernadete da Silva, moradora do bairro há 10 anos do Operário, explicou que o abastecimento de água nunca foi regular, era necessário buscar água na casa de vizinhos. “Era uma luta para ter água dentro de casa, tinha que levar o balde até a casa da minha filha que tem poço. Até pra ir à igreja era complicado porque não tínhamos como tomar banho”, relatou.

O bairro é caracterizado por ter várias chácaras de pequenos produtores e a maioria possui poços, no entanto, segundo o produtor Uadamo Silva, a água dos poços é utilizada apenas para irrigação, já que não passa por tratamento.

“Antes não podíamos contar com a água da rua, que é tratada e segura para o consumo humano e passávamos sufoco para cavar um poço. E a água que vinha era muito fraca que levava de 15 a 20 dias para encher uma caixa d’água de 500 litros”, lembrou.

Durante o trabalho, a equipe observou também um grande número de vazamentos nas residências, o que deverá ser corrigido de imediato. “O próximo passo, será a busca ativa por vazamentos e a instalação de hidrômetros, já que muitos estão danificados”, informou o presidente, dizendo que essas medidas fazem parte do plano de redução de perdas.

Camila Dall’Agnol

 

Deixe uma resposta