Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Atendimento domiciliar: Estado apresenta projeto de implantação aos membros da CIB

Atendimento domiciliar: Estado apresenta projeto de implantação aos membros da CIB

A iniciativa consiste em descapitalizar o paciente internado do hospital - Foto: Ascom/SesauA quinta reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) ocorre nesta quarta-feira, 13, no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a partir das 15h. Entre as pautas previstas para os secretários de Saúde discutirem, a proposta de pactuação do Plano de Implantação da Equipe Multiprofissional de Atendimento Domiciliar (EMAD) será uma delas.

 

O EMAD é um componente do programa federal SOS Emergência, que está sendo implantado de forma gradativa pelo MS nas portas de entrada de urgência e emergência do Hospital Geral de Roraima (HGR).

Segundo a diretora do Departamento de Serviço de Urgência e Emergência (DSUE), Luzia Rodrigues, a iniciativa consiste em desospitalizar o paciente internado do hospital, o que significa que a equipe preparada para isso vai avaliar os pacientes internados com condições de continuar o tratamento e ser acompanhado pela EMAD em casa.

Um exemplo utilizado pela diretora, para esmiuçar na prática como funcionará o projeto, foi as questões ortopédicas. “ Os pacientes que aguardam por alguma cirurgia ou aqueles que estão no hospital apenas recebendo medicações, possivelmente, entram no perfil de estarem no seio familiar”, disse.

Ela ressaltou que o projeto desafogará um pouco o HGR, pelo menos nos leitos de internação. “O projeto é excelente, além do acompanhamento dos profissionais, existem todo um preparado junto aos familiares, para que estejam cientes e treinados para ajudarem na recuperação do paciente”, enfatizou.

O Serviço de Atenção Domiciliar será composto por uma equipe multiprofissional, incluindo médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem e assistente social. O investimento é âmbito federal no valor de R$ 50 mil/ mês para custear todas as despesas do projeto.

Luzia explica o procedimento que vai acontecer durante reunião da CIB. O objetivo é apresentar oficialmente a proposta do projeto aos secretários de Estado e Municipal e possam dá o aval, mas segundo ela, o MS já esta analisando o projeto para emitir o parecer técnico.

CIB

Os membros da CIB discutirão também sobre a planilha de distribuição de recurso federal, que define valores para a operacionalização da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo, complementação das Campanhas de Influenza e de HPV em 2014, repactuação de valores para o curso de capacitação em psicopatologia, ente outros assuntos. 

 

 

 

Deixe uma resposta