Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Atenção Básica: profissionais e gestores planejam ações para 2016

Atenção Básica: profissionais e gestores planejam ações para 2016

Na manhã desta terça-feira, o panorama dos indicadores de saúde foi apresentado a fim de servir como base para a elaboração do cronograma de ações a serem executadas em 2016  - Foto: Raimundo Lima

Na manhã desta terça-feira, o panorama dos indicadores de saúde foi apresentado a fim de servir como base para a elaboração do cronograma de ações a serem executadas em 2016  – Foto: Raimundo Lima

Para garantir uma prestação de serviço organizada e planejada à população com relação aos atendimentos prestados pela rede primária de saúde, a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) reuniu coordenadores da Atenção Básica dos 15 municípios do estado, além de conselheiros de Saúde e representantes de área indígena em torno de uma oficina de planejamento das ações para o próximo ano. O encontro iniciou nesta terça-feira, 17, e seguirá até quarta-feira, dia 18, no auditório do Hotel Uiramutã, no Centro.

Nos dois dias, as discussões serão das 8h às 18 horas, com intervalo para almoço. Segundo a diretora do DAB (Departamento de Atenção Básica), Luana Pamplona, o principal objetivo do encontro que reúne todos os atores envolvidos na prestação dos serviços básicos de saúde, é de que por meio da apresentação dos indicadores da realidade da Saúde no em Roraima, pontuando as dificuldades de cada município, seja iniciada a elaboração de um calendário de ações para 2016.

“A ideia é planejar ações que promovam a saúde da população. Acreditamos que estas ações serão eficazes quando planejadas conforme a realidade situacional de cada localidade”, disse Luana, ao reafirmar a importância da exposição dos indicadores de saúde aos atores participantes.

Presentes no planejamento, os coordenadores da Atenção Básica dos 15 municípios de Roraima, além de conselheiros de Saúde e área indígena

Presentes no planejamento, os coordenadores da Atenção Básica dos 15 municípios de Roraima, além de conselheiros de Saúde e área indígena

Participam desta Oficina de Planejamento, os coordenadores da Atenção Básica dos 15 Municípios do Estado, representantes dos Conselhos Estadual e Municipal de Saúde, Dsei Leste (Distrito Sanitário Especial Indígena do Leste), entre outros. “Reunir todas estas instituições tem o objetivo de promover, fortalecer a intersetorialidade e interinstitucionalidade entre secretarias de Saúde, conselhos de saúde, programas e estratégias”, informou Luana, ao ressaltar que o objetivo comum de todas as partes envolvidas é tão somente melhorar a cada dia a assistência prestada à população.

Na manhã desta terça-feira, dia 18, o panorama dos indicadores de saúde foi apresentado a fim de servir como base para a elaboração do cronograma de ações a serem executadas em 2016. Além da explanação da realidade situacional de saúde na Atenção Básica, também foi aberto espaço para que cada representante falasse das dificuldades e dos êxitos encontrados durante a realização dos trabalhos de assistência à população.

Plano de ação

Conforme a diretora da DAB, no segundo dia da oficina, dia 18, os participantes serão orientados na construção do Plano de Ações de cada município. “A intenção é que até o encerramento da oficina todos os municípios tenham concluído o seu planejamento anual”, acrescentou.

Segundo Luana, ao término da oficina os participantes estarão aptos na construção de planos de trabalho, e atualizados quanto às políticas, programas e estratégias que compõe a Política Nacional de Atenção Básica no Estado e instruído quanto à utilização dos indicadores de saúde como ferramenta de gestão.

Wanessa Carvalho

 

 

Deixe uma resposta