Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Opinião | Artigo: Água, nosso bem maior – Luiz Carlos Amorim

Artigo: Água, nosso bem maior – Luiz Carlos Amorim

No Dia Mundial da Água, não podemos comemorar nada. Nem a qualidade da nossa água, nem a quantidade de água disponível, nem a preservação desse líquido precioso por parte do ser humano.

Como já disse em outras oportunidades, estamos cuidando muito mal do nosso planeta, do nosso meio-ambiente, do lugar em que vivemos. Estamos cuidando muito pouco ou quase nada da nossa água, nem diria só da água doce.

A água é vida, para nós, seres humanos. Se não houver água, nós não existiremos. E nós insistimos em poluir os rios e o mar, jogando lixo, desaguando esgoto, envenenando a nossa água.

Quando vamos aprender? Quando for tarde demais? Já não chega os tantos rios mortos que cortam as nossas cidades, alguns até escondidos em galerias, pois o ser humano sente vergonha pelo que fez com eles? Mas não se emenda. Com o descontrole do clima, causado pela nossa falta de cuidado com o meio ambiente, os reservatórios de água estão secando, como em São Paulo, por exemplo. A maior cidade do Brasil corre o risco de ficar completamente sem água, se não chover mais nos lugares certos. E olha que tem chovido muito, nos últimos tempos, naquele Estado. Aliás, seria irónico, se não fosse trágico: água potável acabando na torneira e, apesar do calor escaldante, ou até por causa dele, chuvas torrenciais provocando enchentes e deslizamentos, tanto em São Paulo como em outros estados, como o Acre, como Santa Catarina, etc.

A propósito, a água de nossos rios está tão poluída que o tratamento pelo qual ela passa, para ir para nossas casas e podermos bebê-la, já quase não está conseguindo limpá-la, torná-la potável. Isso é muito grave. Já é temerário beber água da torneira, pois em alguns lugares ela não é tão boa como deveria ser.

Precisamos nos conscientizar de que, se inutilizarmos a água que ainda temos, ela não vai se filtrar sozinha para voltar para nós. A natureza é generosa, mas ela tem limites. E temos visto que ela se rebela, com tanto desrespeito, tanta irresponsabilidade, tanto descaso. E dá o troco.

Então, temos que nos unir em volta do planeta para proteger a água. Sem ela não há futuro. Sem ela não podemos viver. Mas isso todos nós sabemos. Então, por que não fazemos nada?

luizcarlosamorim1(*) Luiz Carlos Amorim é Coordenador do Grupo Literário A ILHA em SC, com 34 anos de atividades e editor das Edições A ILHA, que publicam as revistas Suplemento LIterário A ILHA e Mirandum (Confraria de Quintana), além de mais de 50 livros.

Deixe uma resposta