Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Arraial Macuxi: Roraima tem a festa junina mais tranquila dos últimos anos

Arraial Macuxi: Roraima tem a festa junina mais tranquila dos últimos anos

O trabalho de segurança aliou policiamento ostensivo a ações de inteligência e prevenção, resultando em uma festa sem ação de criminosos - Fotos: Secom-RR

O trabalho de segurança aliou policiamento ostensivo a ações de inteligência e prevenção, resultando em uma festa sem ação de criminosos – Fotos: Secom-RR

Os dados das forças da segurança só reforçam aquilo que a população já sentiu na pele: há muitos anos a população de Roraima não tinha uma festa junina tão tranquila. O resultado foi obtido mediante muito planejamento e integração de todas as instituições envolvidas, que resultou na presença maciça das instituições de segurança, o que inibiu a ação de criminosos durante a festa. Até as 23h40 desta sexta-feira, 3, última noite do Arraial Macuxi, nenhuma ocorrência grave foi registrada no evento ou motivada pelas festas.A quantidade de famílias que frequentou a festa foi uma prova de que o ambiente estava propício para a integração familiar, desde crianças até os mais idosos. “O ambiente estava tranquilo, então viemos eu e meu marido várias noites e trouxemos as crianças para brincar, assistir às quadrilhas. Foi tudo bem organizado e tinha policial o tempo todo”, comentou a vendedora Fernanda Souza.

A Polícia Militar montou um posto policial para atender ocorrências e encaminhar eventuais detidos à Central de Flagrantes, no entanto, segundo o subcomandante da Polícia Militar, coronel Magalhães Damasceno, houve poucas situações em que foi necessária a atuação da Polícia, e a maioria delas foi preventiva. Foram apenas pequenas brigas, perturbação da ordem pública, não havendo registro de ocorrência grave ou que tenham causado algum tipo de lesão. “Este arraial foi diferenciado, com um Estado visivelmente presente, resultado de muita organização, fiscalização e avaliação da atuação de cada noite. Para um evento deste tamanho, foi a festa popular mais tranquila dos últimos tempos”, pontuou.

Para garantir o policiamento ostensivo, a PM empregou ainda o 1º Esquadrão Independente de Polícia Montada (Cavalaria PM), Giro (Grupamento Independente Intervenção Rápida Ostensiva) e Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), além do apoio de policiais que atuam nos setores administrativos da instituição.

Delegacias tiveram reforço no efetivo

A Polícia Civil reforçou o efetivo de profissionais na Central de Flagrantes, que funciona no 5º Distrito Policial, nos dias em que houve arraial. A ação foi preventiva, mas não se fez necessária, uma vez que poucas ocorrências chegaram às unidades policiais, sendo a maioria delas relacionadas a brigas sem lesões corporais. Embora seja uma instituição prioritariamente investigativa, policiais civis também foram empregados na segurança ostensiva, por meio do GRT (Grupo de Resposta Tática), ajudando a manter a tranquilidade na festa.

Segundo o diretor de Policiamento da Capital, delegado Marcos Lázaro, uma modalidade de investigação intensificada durante a festa, foram as ações com policiais à paisana, com emprego de profissionais do Departamento de Inteligência. “Houve um trabalho excelente de planejamento, reforço do efetivo ostensivo aliado às ações de inteligência. Tudo isso ajudou a dissuadir a eventual ação de criminosos”, contou.

Bombeiros realizaram ações de prevenção antes e durante a festa

arraialmacuxi111Além da inspeção realizada pela Diretoria de Prevenção e Serviços Técnicos do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima antes do início do Arraial Macuxi, os profissionais de plantão aproveitaram o clima tranquilo para realizar, durante toda a festa, ações de inspeção para prevenção de incêndios e desabamentos.

Antes de a festa começar, a estrutura contou com o aval da corporação. Já durante a festa, os profissionais de plantão passaram pelas barracas para verificar as instalações elétricas, botijas de gás e outros materiais altamente combustíveis, além de passarem para verificar as condições das estruturas de palco e arquibancadas.

O subcomandante de Operações, coronel Jeferson Abreu, explicou que não houve registro de incêndios, desabamentos ou outros incidentes. A instituição manteve durante as dez noites de festa, viaturas de atendimento pré-hospitalar e prevenção e combate a incêndios, além de uma equipe a postos para busca e salvamento para intervenção em casos de afogamento, desabamentos e vítimas presas em ferragens. “No entanto, foi uma festa muito tranquila, com poucas ocorrências e apenas pequenos atendimentos de rotina, nenhum deles com gravidade”, pontuou.

Yana Lima

 

Deixe uma resposta