Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Arraial Macuxi: festa teve sucesso com a valorização dos artistas locais

Arraial Macuxi: festa teve sucesso com a valorização dos artistas locais

Com ritmos que vão desde a MPB, passando pelo sertanejo até o forró, os cantores e bandas se dividiram entre o Forródromo e o anfiteatro Luiz Celestino da Luz - Fotos: Secom-RR

Com ritmos que vão desde a MPB, passando pelo sertanejo até o forró, os cantores e bandas se dividiram entre o Forródromo e o anfiteatro Luiz Celestino da Luz – Fotos: Secom-RR

Consagrada como a maior festa popular de Roraima, o Arraial Macuxi foi muito além das quadrilhas juninas. Quase 50 atrações entre palhaços, dançarinos e cantores passaram pelos palcos montados no Parque Anauá. Os artistas foram unânimes ao elogiar a iniciativa do Governo do Estado em valorizar a cultura regional com atrações locais.Com ritmos que vão desde a MPB, passando pelo sertanejo até o forró, os cantores e bandas se dividiram entre o Forródromo e o anfiteatro Luiz Celestino da Luz.

Após 10 noites de festa, o arraial fecha com chave de ouro por uma das bandas mais tradicionais de Roraima, com o show Forró do Reviver, relembrando grandes sucessos dos anos 90.

O cantor Zerbine Araújo pontuou que o fato de uma festa desta magnitude ser encerrada por uma banda local, é uma demonstração de que este Governo valoriza a cultura local. “Nada contra quem vem de fora, pois tudo vem para somar, mas é sempre bom valorizar a prata da casa”, comentou.

O tema do show coincide com a realidade do Parque Anauá, que após uma série de reparos, revive após ter sido deixado tantos anos abandonado. O artista destaca que esta é a primeira apresentação da banda em uma festa aberta ao público. “Fico feliz por reviver a história da nossa música nesta festa tão bem organizada, pois recordar é ser feliz outra vez”, entusiasmou-se.

Um dos ícones da música popular roraimense, o cantor Halisson Crystian observou que a forte presença de artistas locais na programação do arraial promovido pelo Governo do Estado, confirmou o que os artistas já sabiam: que a matéria prima cultural em Roraima é riquíssima.

“A mentalidade dos nossos governantes e da população está mudando, que percebem cada dia mais este sentimento de valorização e amor pelas coisas que são nossas, através da nossa maneira de ser, existir e compor nossa identidade cultural”, disse.

Sério Barros e Halisson Cristian

Sério Barros e Halisson Criytian

Enquanto Halysson Cristyan acumula anos de experiência em grandes festivais, a cantora Nadynne Leal estreou em uma festa popular. Ela também elogiou a organização do evento e disse que se sentiu lisonjeada com a oportunidade de se apresentar a um público tão grande. “O show começou e terminou no horário certo. Além dos artistas, a equipe técnica também é formada por profissionais locais, com quem a gente já tem costume de trabalhar. O público foi enorme e com certeza vou querer me apresentar novamente no arraial”, disse.

Lado a lado com a música está a dança, arte que também foi prestigiada pelo Arraial Macuxi. A professora Soraya Souza, se apresentou durante a festa e disse que se sentiu feliz ao integrar o projeto que reuniu diversas vertentes da cultura local, todas em prol de um bem maior que é levar a alegria à população. “Tudo isso se reuniu em um ambiente familiar. Nos sentimos em casa”, elogiou.

Além da música e dança, várias outras formas de arte foram enaltecidas, como as artes circenses, com a apresentação de palhaços; a luta e a dança afro-brasileira, por meio da Casa da Capoeira; a literatura, por meio do espaço Makunaimando; o artesanato disposto em diversas barracas, sem contar a tradicional dança do Parixara, dentre outras manifestações artísticas.

O secretário estadual de Cultura, Marcos Jorge Lima, destacou a importância cultural e econômica do evento Arraial Macuxi. “Além de fortalecer a cultural local, resgatar a tradição dos grupos folclóricos, a festa ainda incentivou a geração de renda”, observou.

Yana Lima

 

Deixe uma resposta