Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Ampliação do número de desembargadores é histórica, diz Coronel Chagas

Ampliação do número de desembargadores é histórica, diz Coronel Chagas

Vice-presidente da Assembleia Legislativa prestigiou posse dos novos desembargadores do TJ-RR – Foto: Ascom

Vice-presidente da Assembleia Legislativa prestigiou posse dos novos desembargadores do TJ-RR – Foto: Ascom

“É um momento histórico para o Poder Judiciário do nosso Estado, num ano que se inaugura o Fórum Criminal, se amplia o número de desembargadores, para levar a tutela jurisdicional do Estado a quem necessita”. A avaliação é do deputado Coronel Chagas (PRTB), vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, que na manhã desta quinta-feira, , participou da posse dos novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima (TJRR).

A solenidade aconteceu na Sala de Sessões do Tribunal Pleno, no Palácio da Justiça, e contou com a participação de diversas autoridades. Chagas disse acreditar que os novos desembargadores vêm reforçar o judiciário roraimense. Tomaram posse os desembargadores Cristóvão Suter, Jefferson Fernandes e Mozarildo Cavalcanti.

Para o presidente do TJRR, desembargador Almiro Padilha, este é um momento ímpar por completar o quadro do Tribunal e acelerar o processo judiciário. “Nós já chegamos a funcionar com menos da metade da capacidade. Eram momentos difíceis, nossa atuação era prejudicada, mas agora, com essa posse, temos dez desembargadores, o que é o mínimo indispensável para acelerar os julgamentos dos processos. As pessoas precisam da solução para seus litígios, elas não podem ter a sensação de que as coisas não terminam nunca”, justificou.

O desembargador recém-empossado, Jefferson Fernandes, disse saber da enorme responsabilidade que é o exercício da “autoridade”. “Não busquei esse cargo, na época dos concursos eu me escrevia, mais por desencargo de consciência do que por qualquer outra coisa. Talvez eu não quisesse estar aqui, talvez eu não quisesse tamanha responsabilidade, mas, quando ela chega, não podemos fugir. Somos homens e temos que assumir nossos desafios. Quando se é chamado para exercer algo tão sublime como a atividade de julgar, temos que dizer: estamos aqui, estamos prontos”, ressaltou.

Composição completa

Com a posse dos magistrados a composição do pleno do TJRR, conforme determina o Código de Organização Judiciária do Estado de Roraima (Cojerr), estará completa com dez desembargadores. Porém, um deles, Alcir Gursen de Miranda, continua afastado do cargo por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), desde setembro de 2013.

Os juízes Cristóvão Suter e Mozarildo Cavalcanti foram promovidos pelo critério de merecimento, e Jefferson Fernandes ascendeu ao cargo de desembargador pelo critério de antiguidade.

Expedito Perônnico

 

Deixe uma resposta