Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Alto Alegre: Tribunal do Júri condena homem a 12 anos de prisão

Alto Alegre: Tribunal do Júri condena homem a 12 anos de prisão

A pedido do Ministério Público do Estado de Roraima, o Tribunal do Júri da Comarca de Alto Alegre condenou na tarde dessa quarta-feira, 09/07, Messias da Silva Duarte a 12 anos de reclusão, pelo crime de homicídio qualificado contra José Edmilson Alves de Lima, ocorrido em novembro de 2013.

O caso ocorreu em uma fazenda localizada na região de Sucuba, no município de Alto Alegre, local em que ambos trabalhavam. Conforme denúncia oferecida à época pelo MPRR, o crime se deu por motivo fútil – desentendimento banal, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. José Edmilson Alves de Lima foi atingido de surpresa, enquanto dormia, com um tiro na nuca, oriundo de um rifle calibre 22.

Diante dos fatos, a tese sustentada pelo Ministério Público foi integralmente acatada pelos jurados e o réu foi condenado pela prática do crime de homicídio duplamente qualificado, previsto no Código Penal Brasileiro.

Para Igor Naves, promotor de Justiça substituto da Comarca de Alto Alegre responsável pela acusação em plenário, a condenação do réu se deu de forma célere, especialmente em se tratando de crime doloso contra a vida submetido ao julgamento pelo Tribunal do Júri, uma vez que, deste a ocorrência dos fatos até a condenação, foram aproximadamente 8 meses. 

“Isto certamente contribui para afastar a sensação de impunidade que reina atualmente no nosso Sistema Jurídico e traz para a população o sentimento que a Justiça agiu de forma rápida e correta. Fez-se, portanto, justiça”, conclui Igor Naves.

 

 

 

Deixe uma resposta