Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Alô Cegonha: primeira mãezinha é beneficiada com o projeto durante lançamento

Alô Cegonha: primeira mãezinha é beneficiada com o projeto durante lançamento

Mãe de oito filhos é a primeira a usufruir da ambulância do Projeto - Foto: Antônio DinizAs mãezinhas carentes da capital que vão dá a luz no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (HMINSN) terão a partir desta quarta-feira, 28, tratamento mais humanizado. O projeto Alô Cegonha, inaugurado pelo governador do Estado de Roraima Chico Rodrigues, pretende facilitar a locomoção de mulheres na volta para casa.

A única maternidade pública do Estado conta agora com uma ambulância para trabalhar exclusivamente com o “Alô Cegonha”, que de início irá auxiliar na locomoção de mulheres sem condições econômicas no trajeto HMINSN até seu domicílio.

A dona de casa, Maria Lúcia, teve alta da Maternidade e já pôde usufruir dos serviços do Projeto. Mãe de seu oitavo filho, ela foi a primeira mulher a ser levada à sua residência na ambulância do “Alô Cegonha”.

Segundo o governador, a implantação do Projeto já vinha sendo estudado um pouco antes dele assumir a pasta. “Separei esta ambulância especialmente para dar o suporte a muitas mãezinhas que davam a luz a seus bebês e não tinham como voltarem as suas residências”, enfatizou Rodrigues explicando que agora elas não terão de se preocupar com o retorno para suas casas.

De acordo com o secretário adjunto, Alysson Lins, o “Alô Cegonha” terá maior abrangência. Ele foi dividido em três etapas. Após a implantação da fase inicial, o projeto segue para implantação da segunda fase que consiste no transporte para o interior, e a terceira fase onde a mãe será transportada de sua residência à unidade de saúde. “Até o final de 2014, o projeto deve ser implantado na sua totalidade”, disse.

Ainda durante a solenidade, o governador anunciou a entrega de uma aeronave à Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). O avião é para atender pacientes das comunidades que estão localizadas em áreas de difícil acesso via terrestre. “O objetivo da aeronave é proporcionar assistência à saúde à população que está mais isolada, como a do Baixo Rio Branco e de Uiramutã” comentou o governador.

Rede Cegonha

A Rede Cegonha, implantada há cerca de dois anos em Roraima, busca o cuidado e a segurança às mulheres, garantindo o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção ao aleitamento materno, acolhimento por classificação de risco e visita ampliada. A rede envolve os projetos Enquanto o Bebê não Chega, Sustentar, além da linha de cuidado Boas Práticas Obstétricas, assistência à gestante de alto risco, na especialidade de saúde bucal e planejamento familiar.



Deixe uma resposta