Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Algumas das principais vias da Capital serão beneficiadas com obra de recapeamento

Algumas das principais vias da Capital serão beneficiadas com obra de recapeamento

O recapeamento garante melhoria das condições de tráfego em ruas de 50 bairros da Capital, 36 deles localizados na Zona Oeste - Foto: Ascom/SeinfO serviço de recapeamento de vias urbanas do município de Boa Vista já beneficiou mais de 200 quilômetros de ruas e começa a ser executado nas próximas semanas em avenidas que funcionam como importantes corredores para o transporte coletivo de passageiros. As avenidas Mário Homem de Melo, Ataíde Teive, Venezuela e Carlos Pereira de Melo serão recapeadas, neste segundo lote da obra, que tem previsão de término no próximo mês de outubro.

Com cerca de 50% dos serviços concluídos, a Construtora Ardo, responsável por essa etapa da obra, está trabalhando no recapeamento da Via das Flores, no bairro Pricumã. Na sequência, serão recapeadas: Avenida Mário Homem de Melo, segmento da Avenida Venezuela até a Avenida São Sebastião; Rua Joca Farias, no bairro Caranã; Avenida Venezuela, das imediações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) até a Praça Simon Bolívar; Avenida Ataíde Teive, trecho da Avenida Venezuela até a Avenida São Sebastião, e, por último, a Avenida Carlos Pereira de Melo, da ponte na entrada do bairro Cidade Satélite até a rotatória de acesso à BR-174.

De acordo com o diretor do Departamento Estadual de Infraestrutura de Transportes (DEIT), engenheiro Edílson Lima, a escolha das ruas a serem beneficiadas foi feita em conjunto pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Boa Vista, com base na importância das vias, consideradas fundamentais para a fluência do tráfego, por serem os principais corredores para o transporte coletivo de passageiros. Todas servem de acesso para os bairros mais populosos de Boa Vista, localizados na Zona Oeste da Cidade.

Ele ressalta que nos trechos mais danificados dessas vias será realizado o serviço de fresagem, antes da aplicação da nova capa de asfalto. Esse trabalho consiste na remoção de uma ou mais camadas do pavimento, eliminando deformações que poderiam se agravar com o tempo. Segundo o diretor do DEIT, isso vai garantir mais qualidade ao recapeamento.

Com os trabalhos dos I um e III concluídos, esta etapa da obra é a última em execução. Somando os três lotes, os serviços de recapeamento garantem melhorias das condições de tráfego em ruas de 50 bairros da Capital, 36 deles localizados na Zona Oeste. O diretor do DEIT destaca a importância da obra.

“A obra beneficia as principais avenidas da cidade, vias com maior fluxo de trânsito, corredores para o serviço de transporte coletivo de passageiros e vias secundárias, cujas condições do pavimento de asfalto apresentavam acentuado desgaste. Além disse, ela contribui para melhoria da drenagem superficial, evitando o acúmulo e facilitando o escoamento das águas das chuvas. Então, é uma obra que proporciona conforto não apenas para os motoristas, mas para a população de um modo geral”, afirma Edílson Lima.   

Somados, os três lotes da obra de recapeamento de ruas e avenidas da Capital têm investimentos de R$ 37 milhões, em recursos do Programa de Apoio aos Investimentos dos Estados e do Distrito Federal (Proinveste), adquiridos por meio de convênio com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

 

 

Deixe uma resposta