Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Agricultura: Boa Vista tem como meta plantar 10 mil hectares de soja

Agricultura: Boa Vista tem como meta plantar 10 mil hectares de soja

Colheita da Soja – Fotos: Benicio Moreira

O município de Boa Vista dá início aos preparativos para deslanchar o plantio de soja, acompanhando o calendário do setor para o Hemisfério Norte. O secretário municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas, Marlon Buss, explicou que a meta para esta safra é plantar pelo menos 10 mil hectares na área rural do município de Boa Vista.

Buss, que também é produtor rural, ressaltou que o clima de Boa Vista é favorável à atividade. “Muitos produtores já se mostram ansiosos para plantar logo, mas a janela ideal de plantio somente se iniciará no mês de maio”, explicou. A produtividade de soja em Roraima gira em torno de 60 sacas por hectare plantado

O secretário disse também que, como os produtores começaram a se organizar com antecedência, o preço barganhado nas operações de barter (pagamento pelos insumos mediante a entrega do grão na pós-colheita) foi melhor, de 26 a 28 sacas de soja, o que Buss considera aceitável “para nossas condições”.

Ele lembra que muitos produtores também conseguiram custeio agrícola ou utilizaram recursos próprios, diminuindo a relação para 21 sacas de soja. A região produtiva do município de Boa Vista é dotada das variedades convencionais, com a proposta de ter um mercado diferenciado frente ao restante do Brasil.

Os preços, no entanto, também se encontram baixos, de acordo com o secretário. Isso fez com que poucas comercializações antecipadas fossem realizadas. “No porto, os preços giram em torno de R$ 67 a R$ 69, enquanto que no interior, estão entre R$ 61 a R$ 62”, disse.

Marlon Buss explicou que, em Roraima, ainda é incessante também a busca por novos mercados, diferenciando os negócios futuros. Segundo ele, há também um forte investimento em logística – fator que se tornará realidade com a construção de um acesso ao porto de Georgetown, na Guiana.

Em todo o estado, o planejamento aponta para este ano o plantio de pouco mais de 30 mil hectares de soja. “Os insumos já se encontram nos municípios, aguardando pelo início da janela”, destacou o secretário municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas.

Francisco Espiridião

 

Deixe uma resposta