Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Abril Verde: Sesau realiza blitze educativas para lembrar vítimas de acidentes de trabalho

Abril Verde: Sesau realiza blitze educativas para lembrar vítimas de acidentes de trabalho

Equipe do Cerest e demais parceiros se reuniram para traçar as estratégias - Foto: Secom-RR

Equipe do Cerest e demais parceiros se reuniram para traçar as estratégias – Foto: Secom-RR

Para lembrar o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, que é comemorado em 28 de abril, o Cerest-RR (Centro de Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador) preparou uma blitz educativa para sensibilizar quanto a importância da prevenção de acidentes relacionados ao trabalho. Ao todo, 40 profissionais estão envolvidos com a programação.A mobilização será nesta terça-feira, 28, simultaneamente em três pontos da cidade, a partir das 8 horas, com distribuição de folders sobre a temática. Os locais para mobilização serão: Praça do Centro Cívico; semáforo da avenida São Sebastião com a avenida Ataíde Teive; e no terminal de ônibus do Centro.

Segundo a gerente do Cerest, Martha Lima, está prevista uma grande mobilização com o objetivo de informar aos trabalhadores que existe um Centro de Referência para orientar e encaminhar as pessoas acometidas por qualquer tipo de agravo relacionado ao trabalho. “Esse dia será oportuno para esclarecer os trabalhadores que eles têm à disposição um centro que dá a eles o suporte necessário”, ressaltou.

Na manhã desta segunda-feira, 27, toda a equipe do Cerest e demais parceiros se reuniram para traçar as estratégias, organizar e dividir as equipes e entregar o material que será distribuído no evento. Todos os núcleos do DVA (Departamento de Vigilância Ambiental) estarão envolvidos na mobilização.

Trânsito

O evento conta com a parceria do projeto Vida no trânsito, que é composto pela Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) através do NCDANTS (Núcleo de Controle de Doenças e Agravos não Transmissíveis), pela PM (Polícia Militar), Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), Samu (Serviço de Atendimento Móvel), Sesp (Secretaria de Estadual de Segurança Pública), entre outras. O projeto é uma iniciativa do Ministério da Saúde (MS) voltada à redução de mortes e lesões no trânsito. O objetivo é de informar, sensibilizar e mobilizar a sociedade para a redução do número de mortos e feridos em acidentes nas estradas e cidades do país.

Dados do Sinan (Sistema de Informações de Agravos de Notificação) dos últimos quatro anos (2010-2014), apontam que em Roraima, entre os nove agravos relacionados ao trabalho registrado, os acidentes de trabalho grave são o que mais acometem os trabalhadores aqui no estado.

Entre os acidentes de trabalho grave, estão inclusos os acidentes de trajeto, ou seja, aquele que ocorre fora do ambiente de trabalho, porém, enquanto o trabalhador faz o percurso de ida ou vinda, de casa para o trabalho ou vice e versa. “Acidentes e doenças relacionadas ao trabalho não são fatalidades, pois, são previsíveis, ou seja, evitáveis”, enfatizou Martha, ao informar que o Cerest tem, entre suas responsabilidades, que identificar os riscos aos quais os trabalhadores estão expostos no seu local de trabalho, em conjunto com a Vigilância em Saúde do Trabalhador e propor ações de prevenção.

Acidentes e más condições de trabalho podem ser denunciados na Vigilância em Saúde do Trabalhador pelo número 2121-0557 ou no Cerest, localizado na avenida Glaycon de Paiva, 1.767, São Vicente.

Wanessa Carvalho

 

Deixe uma resposta